Pagliacci: ópera em São Paulo com Audiodescrição

Na quarta-feira (11/11), às 20h30, as cortinas do Theatro São Pedro abrem-se para a estréia da ópera Pagliacci, a mais famosa do compositor napolitano Ruggiero Leoncavallo escrita em 1892.

Com direção da jovem Livia Sabag, a montagem, com duração de 90 minutos, enfatiza a metalinguagem proposta pelo autor.

Pagliacci é uma produção do Governo do Estado de S. Paulo, em co-produção com a APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte.

A montagem, realizada com piano e um conjunto de câmara orquestral, conta com audiodescrição para portadores de deficiência visual, realizada por meio de parceria com o Instituto Vivo.

Os ingressos custam R$ 20,00 (R$ 10,00 meia entrada).

Essa ópera é um dos mais significativos exemplos do Verismo, corrente estética italiana que busca levar ao palco a realidade do cidadão comum. Baseada em uma trágica experiência vivida pelo compositor em sua infância, Pagliacci conta a história de uma companhia de teatro mambembe que se prepara para uma apresentação numa pequena cidade do interior da Itália. Pagliacci foi a primeira ópera de Leocanvallo. Fez grande sucesso logo após ser encenada pela primeira vez, em maio de 1892 em Milão, e ofuscou todas as composições posteriores do autor.

Livia Sabag, de 29 anos, assume a direção cênica da obra e já dá uma prévia do que está por vir: "O espetáculo explora os limites entre o gênero operístico e o teatral, assim como os limites entre ficção e realidade, seguindo a proposta metalinguística do libreto".

O elenco – Veteranos como Martin Mühle e Sebastião Teixeira, e outros jovens em ascensão, como Manuela Freua, Felipe Oliveira e Bruno Facio compõem o elenco. No meio de um elenco tão experiente, cinco crianças com idade de 10 a 12 anos participam do coro.

O clima de novidade marca também a escolha do maestro. Otávio Simões, de 26 anos, realiza seu primeiro trabalho no Theatro São Pedro e assina a direção musical e regência da montagem.

Audiodescrição – Essa é a segunda ópera que oferece o recurso da audiodescrição. A primeira, Cavalleria Rusticana, teve sua temporada em julho deste ano também no Theatro São Pedro e foi um sucesso de público. A acessibilidade se dá graças aos audiodescritores voluntários do Instituto Vivo que narram, nos intervalos, as ações não verbalizadas como a entrada e saída de cena, figurino e os gestos dos solistas. As pessoas com deficiência visual (que podem estar acompanhadas de cães-guia) entram antes no teatro para ouvir a sinopse, descrição de cenário e figurino. As récitas contam com uma estrutura especial de monitores que vão orientar a plateia sobre seus lugares. O programa é disponibilizado em Braille e o recurso também é utilizado em espetáculos teatrais encenados no Teatro Vivo.

APAA – É uma Organização Social qualificada pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, desde novembro de 2004, para administrar, produzir e promover ações de cunho socioeducativos e culturais. Atualmente a APAA mantém em seu corpo de funcionários 300 profissionais multidisciplinares, preparados para produzir espetáculos, festivais e eventos culturais com foco no cidadão paulista. O Teatro Sergio Cardoso (São Paulo), Theatro São Pedro (São Paulo), Teatro Itália, Teatro de Dança (São Paulo), Teatro Estadual Maestro Francisco Paulo Russo (Araras), Auditório Cláudio Santoro (Campos do Jordão), além da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo e a Orquestra Jazz Sinfônica são espaços e organizações gerenciados pela APAA.

Serviço:

Theatro São Pedro
Sala Principal – 636 lugares (balcão 1 – 110, balcão 2 – 124, platéia – 396); 06 lugares para deficientes físicos na platéia (sendo 3 p/ acompanhantes)
Rua Barra Funda, 171 – Barra Funda
São Paulo – SP
Estações do Metrô Próximas: Marechal Deodoro
Ar-condicionado
Acessibilidade para Pessoas com Necessidades Especiais
Duração: aproximadamente 90 minutos
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Indicação Etária: 12 ANOS
Informações: (11) 3667-0499 (de quarta a domingo, das 14h até 19h)
Horário da bilheteria: de quarta a domingo, das 14h às 19h ou até o início do espetáculo. Para os concertos matinais aos domingos, abertura às 10 horas
Cartões: Visa e Visa Electron
Venda Antecipada: www.ingressorapido.com.br

Fonte: APAA

Mais sobre audiodescrição
A Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cultura (SEC/MinC), em parceria com o British
A São Paulo Companhia de Dança, sob direção artística de Inês Bogéa, convida para estreia
Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e Theatro São


Mais sobre audiodescrição
A Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cultura (SEC/MinC), em parceria com o British
A São Paulo Companhia de Dança, sob direção artística de Inês Bogéa, convida para estreia
Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e Theatro São