Figurinha Carimbada: as crianças, mais que todos, precisam da audiodescrição

Um grupo de voluntários da Vivo levou, na última quarta-feira, 21, ao Teatro Alfa a técnica da audiodescrição para a apresentação da peça infantil Figurinha Carimbada, de Marcio Araújo. Na platéia, 80 crianças com deficiência visual das instituições Laramara, Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA) e Padre Chico tiveram a oportunidade, algumas pela primeira vez, de ingressar e conhecer o universo mágico das artes.

Figurinha Carimbada

A audiodescrição teatral é um recurso pioneiro oferecido no Teatro Vivo, em São Paulo. Por meio do mesmo sistema usado em traduções simultâneas, os voluntários fazem uma narração do cenário, movimento e gestual dos atores a fim de que os espectadores deficientes visuais possam ter uma melhor compreensão da peça encenada. A iniciativa reforça o comprometimento da Vivo com a inclusão social das pessoas com deficiência, que entre outras ações lançou o Livro Vivo – Sensibilização para Inclusão da Pessoa com Deficiência Visual, publicação totalmente acessível, com base em uma pesquisa qualitativa, para aproximar a sociedade brasileira do universo desse público e compreender suas expectativas em relação a situações cotidianas.

Ao final de Figurinha Carimbada, as crianças com deficiência visual receberam exemplares em Braille do livro que deu origem à peça.

Figurinha Carimbada conta a história de cinco meninos espertos, que, apesar da pouca idade, descobrem a perda. Com a pureza e a sinceridade que toda criança tem, cada um deles encontra uma maneira inteligente, divertida e amadurecida de enfrentá-la. Entre as histórias de perdas, as crianças conhecerão a de Ícaro, uma criança que sofre um acidente e que passa a enxergar com as mãos, com a audição, com o olfato e, principalmente, com o coração.

Veja como foi a Exibição de Figurinha Carimbada com audiodescrição

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma