Audiodescrição em dose dupla nos programas De igual para igual e Questão de direitos

O quadro "De igual para igual", que irá ao ar amanhã, dia 22 de dezembro, entrevista Ednilson Sacramento, deficiente visual que foi um dos delegados pela Bahia na Conferência Nacional de Comunicação. Dia 29, no quadro "Questão de Direitos", o entrevistado será o advogado Dr. Pedro Banwart, que falará a respeito da ação que tramita no Supremo Tribunal Federal para exigir o imediato cumprimento da legislação sobre audiodescrição.

Mais um lance da luta pela audiodescrição no supremo Tribunal Federal

Leia também a nota do blog no final do post.

Excelentíssimo Senhor Doutor Ministro Marco Aurélio Melo do Supremo Tribunal Federal

DD. Relator da ADPF nº 160

Arguentes: Conselho Nacional dos Centros de Vida Independente – CVI Brasil e Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down – FBASD

Arguido: União

Conselho Nacional dos Centros de Vida Independente – CVI Brasil e Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down – FBASD, devidamente qualificados nos autos do processo em epígrafe, vêm respeitosamente, por seu advogado, à presença de Vossa Excelência, apresentar Emenda á Inicial e Reiterar o Pedido de Apreciação da Liminar ou, caso Vossa Excelência entenda pela impossibilidade, requerem, então, seja esta petição recebida como Memorial.

Revista Científica Eletrônica Sobre Tradução Visual

O Centro de Estudos Inclusivos (CEI) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lança hoje (17), às 19h30, a "Revista Brasileira de Tradução Visual". A revista é científica, eletrônica, e será disponibilizada gratuitamente através do portal www.associadosdainclusao.com.br.

Conheça o novo site ASSOCIADOS DA INCLUSÃO

Na atual revolução social, quando segmentos vulneráveis passam a conquistar/alcançar respostas, outrora jamais pensadas, o Portal Associados da Inclusão surge com o objetivo de disseminar soluções para "problemas sociais" prementes, debruçando sobre temas abarcados pela Teoria da Inclusão, tanto em seu sentido mais amplo, quanto em seu conceito mais "estrito", isto é, em sua aplicação na defesa, independência e empoderamento dos grupos vulneráveis, aqui representados pelas pessoas com deficiência que, na relação com a sociedade, encontram barreiras na educação, no trabalho, no lazer, nos espaços sociais físicos e virtuais; nos espaços de informação, comunicação e interação, entre outros.

Acessibilidade é consenso na 1ª Confecom

Brasília, DF – A criação de estrutura para a pluralidade de opinião de diferentes setores da sociedade, como a utilização da internet, contempla algumas das primeiras propostas aprovadas nos 15 grupos de trabalho da 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), que se encerra nesta quinta-feira (15.12), em Brasília. O acesso à informação de portadores de necessidades especiais também compõe grande parte das sugestões iniciais da conferência.

Conferência de comunicação dá voz ao portador de deficiências

Delegados votam na Confecon

De Brasília-DF, onde participa da I Conferência Nacional de Comunicação (Confecon), o presidente da Associação Municipal e Metropolitana das Pessoas com Deficiências (Ampdef), Cledson Cruz, enviou e-mail ao À Queima Roupa manifestando sua satisfação com o nível das discussões. Eleito delegado na etapa estadual, ele representa a sociedade civil e é nessa condição que defende propostas como a inserção de um número mínimo de pessoas com deficiências nos diferentes meios de comunicação, acompanhada da adequação de espaços e aprimoramento de tecnologias; a promoção da acessibilidade de pessoas surdas através de legenda oculta, tradução simultânea em libras (Língua Brasileira de Sinais); e audiodescrição para cegos, dentre outras medidas de inclusão social dos portadores de deficiências.