Campanha Iguais na diferença recebe dois importantes prêmios de publicidade

Campanha da Secretaria de Comunicação Social (Secom) e da Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH) é destaque no 17º Festival Mundial de Publicidade de Gramado e no 25º Prêmio Colunistas Brasília.

Lançada há um ano pela Secretaria de Comunicação Social (Secom) e pela então Coordenadoria Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência (CORDE) da Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH) para estimular a convivência entre pessoas com e sem deficiência, a campanha "Iguais na diferença" foi o primeiro filme desenvolvido no Brasil acessível às pessoas com diferentes ajudas técnicas – utilizando recursos como audiodescrição, narração em libras e legenda diferenciada.

A Campanha foi premiada em dois importantes eventos da área da comunicação em 2009: o 17º Festival Mundial de Publicidade de Gramado e o 25º Prêmio Colunistas Brasília. No 17º Festival Mundial de Publicidade de Gramado – 2009, a peça recebeu certificado de premiação com Menção Honrosa na categoria "Peça individual – comunicação social – educação". Já no 25º Prêmio Colunistas Brasília – 2009, a campanha recebeu medalha de bronze na categoria "Produtos e Serviços Comunitários".

Na peça foram utilizados recursos de audiodescrição – recurso em que a pessoa com deficiência visual aciona a tecla SAP de seu televisor e é capaz de escutar a descrição das cenas; narração em libras e legenda diferenciada, colocada em situações ilustradas do filme (na camiseta da pessoa com deficiência visual, na capa do caderno do cadeirante, no letreiro do ônibus etc).

"Instigante a questão da inclusão das pessoas com deficiência, mas também pelo fato de terem premiado uma Campanha exemplar com relação ao formato – que inova ao utilizar vários recursos de acessibilidade simultâneos", declarou Izabel Maior, Subsecretária Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, ao saber da premiação.

A campanha faz uso de versos da música "Condição", de autoria do cantor e compositor Lulu Santos, em diversos planos, como num clipe que exibe cenas de convivência entre pessoas com e sem deficiência.

Além do filme, o plano de mídia foi composto por spot e anúncios de página dupla para revistas. Nessas peças, pessoas com deficiência (cadeirantes, pessoas com deficiência visual, auditiva, entre outros) seguram cartazes com palavras dos versos de "Condição".

Ficha Técnica

"Condição", Criada pela PROPEG para Secom/Presidência da República / Inclusão pessoa c/ deficiência.

Direção de Criação: Cláudio Leite e Ana Luísa Almeida (Vp).

Redação: Cláudio Leite.

Direção de Arte: Mauro Martins.

Produção Gráfica: Wilma Godoy.

Fotografia/Ilustração: Kazuo Okubo.

Estúdio: Mauro Martins.

Produção de RTVC: Márcia Cavalcante.

Produtora de Filme: Margarida Flores e Filmes.

Produtora de Áudio: Banda Sonora.

Direção do Comercial: Gabriel Rubim.

Mídia: Neide dos Santos.

Atendimento: Renata Barrionuevo.

Aprovação: Equipe Secom.

Fonte: Corde, atual Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Mais sobre audiodescrição
Nós, os participantes do foro regional América Acessível: Informação e Comunicação para Todos, realizado em
Uma demanda da comunidade cega e das pessoas com deficiência visual consumidoras de televisão por
A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Ministério da Cultura


Mais sobre audiodescrição
Nós, os participantes do foro regional América Acessível: Informação e Comunicação para Todos, realizado em
Uma demanda da comunidade cega e das pessoas com deficiência visual consumidoras de televisão por
A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Ministério da Cultura