Documentário de TV de alunos da Uscs discute acessibilidade no segmento turístico

Mostrar como uma pessoa com deficiência pode praticar turismo em uma cidade acessível. Este é o objetivo do documentário Livre Acesso – Viagens que Superam Limites, produzido pelos alunos do 4º ano de jornalismo da Universidade Municipal de São Caetano USCS) Gabriel Guirão, Fernando Chirotto, Bruno Fekuri, Leandro Scopetta, Ricardo Scopetta e Carla Cosentino.

O formato escolhido foi o vídeo-documentário. Entre cenas que mostram como o Brasil está preparado para atender este público, os entrevistados dão seus depoimentos relatando suas experiências – boas e ruins.

A cidade de Socorro, localizada no interior de São Paulo, foi escolhida para ser a base do documentário, já que o Ministério do Turismo designou o município para ser um projeto piloto de acessibilidade para pessoas com deficiência.

"Em 24 minutos, conseguimos abordar diversos tópicos relacionados a acessibilidade no turismo: as dificuldades encontradas, o projeto acessível de Socorro e as perspectivas futuras sobre a questão", explicam e concordam os universitários. "Trata-se de um produto que transmite o aspecto humano envolvido no tema, visto que contém relatos de experiências únicas vivenciadas pelos entrevistados", completam.

De acordo com pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aproximadamente 14,5% da população brasileira possuem algum tipo deficiência. Isso representa 27 milhões de pessoas. "Acreditamos na relevância do tema e, ao buscar um diferencial, optamos por produzir um documentário que fosse acessível", explicam os membros do grupo, referindo-se ao fato de o produto possuir Libras (Língua Brasileira de Sinais) e audiodescrição. "Entendemos que as Libras atendem as necessidades das pessoas com deficiência auditiva, ao mesmo tempo que a audiodescrição possibilita a compreensão das pessoas com deficiência visual", complementam. Vale destacar que o documentário não é voltado para pessoas com deficiências intelectuais, conhecidos popularmente como deficientes mentais. "Em vista da diversidade de tipos de deficiências intelectuais – autismo e síndrome de Down, por exemplo -, percebemos que perderíamos o foco do produto", encerram.

O documentário "Livre Acesso – Viagens que Superam Limites" está disponível para consulta na biblioteca da USCS – campus 1 – av. Goiás, 3.400 – São Caetano.

Fonte: Clique ABC

Mais sobre audiodescrição
A HBO estreia no próximo dia 21 seu primeiro documentário original produzido no Brasil. Dorina -
Jogo Cego conta história sobre atletas e aspirantes com deficiência visual, promovendo um melhor entendimento
Desde março, a jornalista Melina Cardoso se prepara para colocar em prática o aprendizado sobre


Mais sobre audiodescrição
A HBO estreia no próximo dia 21 seu primeiro documentário original produzido no Brasil. Dorina -
Jogo Cego conta história sobre atletas e aspirantes com deficiência visual, promovendo um melhor entendimento
Desde março, a jornalista Melina Cardoso se prepara para colocar em prática o aprendizado sobre