Amazonas: Audiodescrição e tradução por libras serão oferecidos nessa sexta-feira na ópera “Yerma”, do XIV FAO

XIV Festival Amazonas de Ópera – Yerma – Ópera para todos. Este é o objetivo do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Cultura, que este ano volta a oferecer o serviço de Audiodescrição, no XIV Festival Amazonas de Ópera, e lança a tradução por Libras, com o objetivo de aproximar as pessoas com necessidades especiais a esse grande evento cultural do Estado.

Estes serviços serão oferecidos no Teatro Amazonas, totalmente gratuitos, nessa sexta-feira (30/04), às 20h, na última apresentação de "Yerma" de Heitor Villa-Lobos. E também no dia 04 de maio, com o espetáculo de "Romeu e Julieta", de Charles Gounod, e dia 23 de maio com "Lo Schiavo", de Carlos Gomes.

Os interessados devem chegar cedo ao Teatro Amazonas, para garantir seu lugar.

Serão disponibilizados 30 lugares para os deficientes visuais e 30 para os surdos-mudos. Estes serviços também serão disponibilizados no encerramento do XIV Festival Amazonas de Ópera, que acontece no dia 30 de maio, às 19h, no Centro Cultural Largo de São Sebastião, com a ópera "Lo Schiavo".

O Sistema Audiodescrição, que foi lançado ano passado, no XIII Festival Amazonas de Ópera, funciona por meio de fones de ouvidos, através dos quais é feita a descrição simultânea do que acontece em cena. Já a tradução pelo sistema de Libras será feito através de projeção em tela. Este serviço foi inaugurado no Concerto de Natal de 2009.

Agora, na 14ª versão do FAO esses sistemas funcionarão em conjunto, fazendo com que toda a grandiosidade artística da ópera cheguem a toda a população. "Essa é uma medida simples, mas que provoca um grande impacto social, pois possibilita as pessoas com necessidades especiais participar de uma rica manifestação cultural e viver essa experiência junto com suas famílias e toda a sociedade", ressalta o Secretário de Cultura, Robério Braga.

Fonte: Cultura Amazonas

Mais sobre audiodescrição
A Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cultura (SEC/MinC), em parceria com o British
A São Paulo Companhia de Dança, sob direção artística de Inês Bogéa, convida para estreia
Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e Theatro São


Mais sobre audiodescrição
A Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cultura (SEC/MinC), em parceria com o British
A São Paulo Companhia de Dança, sob direção artística de Inês Bogéa, convida para estreia
Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e Theatro São