Dia Internacional da Dança – em Portugal

Dia Internacional da Dança assinalado no Fórum Vallis Longus

A Câmara Municipal de Valongo vai associar a comemoração do Dia Internacional da Dança ao Ano Europeu de Luta contra a Pobreza e a Exclusão Social.

Assim, no dia 29 de Abril, data da efeméride, sobe ao palco da Sala das Artes do Fórum Vallis Longus, pelas 21h45, o espectáculo de dança inclusiva "Síncrone". No palco estarão Rui Reisinho, bailarino com paralisia cerebral, e Diana Azevedo, bailarina e violinista, despertando a sensibilidade e a atenção do público para o movimento sem barreiras corporais ou emocionais.

Logo após o espectáculo, os bailarinos Rui Reisinho e Diana Azevedo participam na actividade "Dois dedos de conversa com", contando a sua experiência. Neste painel, haverá igualmente espaço para o "Espaço T" dar a conhecer o seu trabalho com pessoas vítimas de exclusão social, ao nível das diferentes artes do espectáculo.

Do programa cultural proposto para o Vallis Longus que visa a mobilização e a sensibilização do público, a Câmara Municipal de Valongo inaugura, pelas 21h00, no foyer do fórum, a exposição "Olha por Mim", de Mirtilo Lopes. Trata-se de uma exposição multissensorial, com audiodescrição (MP3 e percurso táctil para pessoas invisuais ou com baixa visão), cujo objectivo é a inclusão através das artes.

A entrada é livre e gratuita em todas as iniciativas. Os bilhetes já estão disponíveis no local. Reservas através dos nº 22 240 20 33 ou 93 229 26 52.

Fonte: Câmara Municipal de Valongo

Mais sobre audiodescrição
Norma americana, divulgada pela Divisão de Direitos Civis do Departamento de Justiça dos EUA exige
Existem na Espanha mais de dois milhões de pessoas com deficiência auditiva ou deficiência visual
Nós, os participantes do foro regional “América acessível: Informação e Comunicação para TODOS”, realizado em


Mais sobre audiodescrição
Norma americana, divulgada pela Divisão de Direitos Civis do Departamento de Justiça dos EUA exige
Existem na Espanha mais de dois milhões de pessoas com deficiência auditiva ou deficiência visual
Nós, os participantes do foro regional “América acessível: Informação e Comunicação para TODOS”, realizado em