Palestras na Reatech discutem preconceito e direitos da pessoa com deficiência

A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED), de São Paulo, participa da nona edição da Reatech (Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade). Além de apresentar os principais projetos públicos de acessibilidade e inclusão em andamento na cidade de São Paulo, promove, durante os quatro dias do evento, um ciclo com 21 debates e palestras.

No dia 15 (quinta-feira), as palestras vão abordar temas como gravidez e lesão medular (14h), acessibilidade à leitura (15h), acessibilidade em edifícios residenciais (16h), como e quando instalar plataformas elevatórias (19h).

Na sexta-feira, dia 16, discutiremos o papel da Comissão Permanente de Acessibilidade do município (14h) e da audiodescrição em espetáculos culturais (16h), o surf como opção de lazer para pessoas com deficiência (18h), e os mitos e verdades sobre a baixa escolaridade da pessoa com deficiência como dificultador para ingresso no mercado de trabalho (19h).

Dia 17 (sábado), os debates vão girar em torno de ações culturais inclusivas (11h), a Libras em espetáculos teatrais (12h), como tornar um banheiro acessível (13h), emprego apoiado (14h), cidadania, leis e a busca por direitos (18h).

No domingo, último dia do evento, será demonstrado como fazer uma calçada acessível (12h) e como usar corretamente o piso tátil (14h), além de serem transmitidas informações sobre a Síndrome Pós-Poliomielite (16h) e sobre como o aconselhamento pré-gestacional pode evitar que uma criança tenha algum tipo de deficiência.

Durante todos os dias, o estande também oferecerá aos interessados, gratuitamente, oficinas ensinando noções básicas da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

No dia 15, das 14h às 18h, no Auditório 5 da feira, acontece o curso Sem Barreiras: Inclusão Profissional da Pessoa com Deficiência.

O estande da SMPED na Reatech estará localizado na esquina das ruas 500 e 600.

Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

Fonte: Vida Mais Livre

Mais sobre audiodescrição
A Estação Cultura, em Campinas, será palco de uma viagem no tempo, mais precisamente a
A 16ª edição do FESTIVAL DO JAPÃO acontece nos dias 19, 20 e 21 de
"Ir à Fenearte é como dar a volta ao mundo pelo artesanato", diz o vídeo


Mais sobre audiodescrição
A Estação Cultura, em Campinas, será palco de uma viagem no tempo, mais precisamente a
A 16ª edição do FESTIVAL DO JAPÃO acontece nos dias 19, 20 e 21 de
"Ir à Fenearte é como dar a volta ao mundo pelo artesanato", diz o vídeo