Fifa incrementa audiodescrição em jogos da Copa na África do Sul

Em seis estádios do Mundial na África do sul, 15 assentos serão reservados para pessoas com deficiência visual, que poderão acompanhar os jogos com o auxílio de fones de ouvido, por meio de um sistema de descrição diferenciado.

O conteúdo que será fornecido aos deficientes visuais se distancia das transmissões de rádio e TV tradicionais. O foco da narração, mais rápida e detalhada, é o movimento da bola – levando-se em consideração, inclusive, a posição desses espectadores no estádio. Outras medidas como a proibição de comentários interpretativos ou carregados de emoção e a transmissão das informações gerais sobre a partida somente antes de seu início também são características do projeto.

Profissionais ligados ao Instituto para o Progresso do Jornalismo foram destacados para treinar e coordenar o trabalho dos narradores, também jornalistas, enquanto estudantes de Engenharia de Som trabalharão na área técnica, assegurando uma boa transmissão e a segurança de que os deficiente visuais aproveitarão de forma plena a iniciativa.

Os outros parceiros da Fifa no projeto são a Associação Nacional para os Deficientes Visuais da Suíça e o Conselho Nacional para os Deficientes Visuais da África do Sul.

Segue a lista dos estádios que oferecerão esse serviço durante a Copa do Mundo:

Soccer City (Johannesburgo): 8 jogos

Ellis Park (Johannesburgo): 7 jogos

Loftus Versfeld Stadium (Tshwane/Pretória): 6 jogos

Durban (Durban): 7 jogos

Nelson Mandela Bay (Baía Nelson Mandela/Port Elizabeth) : 8 jogos

Green Point (Cidade do Cabo): 8 jogos

Fonte: VEJAM – O Portal do Glaucoma e da Baixa Visão

Mais sobre audiodescrição
Imagine ter toda a sensação de estar no estádio do Castelão, sentir a vibração da
A Paralimpíada Rio 2016 traz mais de 4 mil atletas de 179 comitês nacionais para
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos


Mais sobre audiodescrição
Imagine ter toda a sensação de estar no estádio do Castelão, sentir a vibração da
A Paralimpíada Rio 2016 traz mais de 4 mil atletas de 179 comitês nacionais para
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos