ABNT cria grupo de trabalho para elaborar norma de audiodescrição

Em reunião realizada no último dia 23 de junho, no Centro de Controle Operacional do Metrô de São Paulo, a Comissão de Estudos de Acessibilidade na Comunicação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) formalizou a criação de um novo grupo de trabalho que terá como objetivo a discussão do projeto de uma futura norma de audiodescrição.

Logotipo ABNT

De acordo com a norma UNE 153020/2005, da Espanha, a audiodescrição é definida como:

Serviço de apoio a comunicação que consiste em um conjunto de técnicas e habilidades aplicadas, com o objetivo de compensar a carência de captação da parte visual contida em qualquer tipo de mensagem, fornecendo uma adequada informação sonora que a traduz ou explica, de modo que o possível receptor com deficiência visual perceba aquela mensagem como um todo harmônico e da forma mais parecida de como a percebe uma pessoa que vê.

Considerado um importante recurso de acessibilidade para pessoas com deficiência, a audiodescrição se aplica  em todas as situações em que a informação visual e a informação falada se complementam: produções cinematográficas, espetáculos teatrais, programas de televisão, eventos esportivos, exposições de arte, passeios turísticos, em sala de aula, palestras, dentre outras.

"Uma técnica que permite transformar aquilo que se vê naquilo que se ouve" para alguns, "a arte de transformar imagens em palavras" para outros,  a  antítese do ditado "uma imagem fala mais que mil palavras" para quem se beneficia do recurso, a audiodescrição possibilita a inclusão de pessoas com deficiência e materializa a acessibilidade na comunicação.

A comissão de estudos é coordenada pela arquiteta Maria Beatriz Barbosa e secretariada pela arquiteta Roberta Medeiros Albuquerque. O grupo de trabalho será coordenado por Sidney Tobias de Souza, analista de sistemas da Prodam-SP.

De acordo com Sidney, as discussões deverão se concentrar em aspectos relativos à produção de roteiros de audiodescrição, sua inserção em produtos audiovisuais e nas formas como pode ser disponibilizada para o público. De acordo com  Paulo Romeu,  um dos colaboradores do grupo de trabalho, a expectativa é de que o texto base da norma esteja pronto para ser publicado como Norma Brasileira pela ABNT dentro de um ano, coincidindo com o prazo estipulado pelo Ministério das Comunicações para o início das transmissões de programação com audiodescrição pelas emissoras brasileiras de televisão.

Fonte: Blog da Audiodescrição

Mais sobre audiodescrição
Norma americana, divulgada pela Divisão de Direitos Civis do Departamento de Justiça dos EUA exige
A ABNT publicou a norma ABNT NBR 15290 / 2016 - Acessibilidade em comunicação na
Com o objetivo de acompanhar a implementação e validar as tecnologias de provimento dos recursos


Mais sobre audiodescrição
Norma americana, divulgada pela Divisão de Direitos Civis do Departamento de Justiça dos EUA exige
A ABNT publicou a norma ABNT NBR 15290 / 2016 - Acessibilidade em comunicação na
Com o objetivo de acompanhar a implementação e validar as tecnologias de provimento dos recursos