Áudio para todos Sentidos lança versão em áudio de sua revista mensal

Áudio para todos: neste mês, a editora Escala lançou uma versão em áudio da revista Sentidos, voltada para o público com deficiência visual. O CD que terá o mesmo preço da revista conterá todo o assunto da revista, incluindo os anúncios. A iniciativa, feita em colaboração com a Fundação Dorina Nowill para cegos é a primeira empreendida pela própria editora.

A revista Sentidos é uma revista voltada para o público das pessoas com deficiência, Promove a inclusão desse público que não é atendido pelos meios de comunicação em geral, produzindo uma revista voltada exclusivamente para esse público, reunindo novidades e exercícios de cidadania. Entre seus produtos estão livros em Braille e livros em áudio. A fundação também lança em áudio uma produção da revista Veja.

Mas não são só as revistas e livros que estão se adaptando ao público das pessoas com deficiência.

Áudio para todos: foto de uma sessão de cinema com audiodescrição

A audiodescrição, recurso que permite que cegos tenham acesso á televisão, cinema e outros produtos audiovisuais, também surge para suprir essa necessidade.

Ela funciona da seguinte forma: um audiodescritor-roteirista analisa o material e o roteiriza, seguindo padrões de descrição estabelecidos internacionalmente. A audiodescrição também pode ser feita ao vivo e simultaneamente.

Basicamente, a audiodescrição é a descrição clara e objetiva de todas as informações que estão compreendidas em um diálogo, e não apenas a fala, mas também as outras que só enxergamos visualmente.

Já há várias pessoas que oferecem esse serviço ao redor do Brasil, como é o caso de Graciella e Lara Pozzobon, criadoras do site www.audiodescricao.com.br. Elas produzem roteiros no Festival Assim Vivemos (www.assimvivemos.com.br, um festival internacional de filmes sobre deficiências que acontece bienalmente desde 2003.

Esse festival é mais um exemplo de iniciativa de inclusão social que têm dado certo. Ocorre durante uma semana em São Paulo, Brasília, Porto Alegre e Belo Horizonte, e traz longas, documentários e curtas que tratam do tema da deficiência. As edições ocorrerão nas duas últimas cidades por volta de setembro e outubro.

Conheça o site de Marco Antonio de Queiroz, Bengala Legal.

por Júlia Libório

Fonte: Diálogos Universitários

Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série


Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série