Audiodescrição é matéria de capa de revista editada por estudantes de jornalismo

A 6ª edição da revista Campus Repórter será lançada na próxima terça feira, dia 10/8, a partir das 19h30, no Sebinho, da 406 Norte, em Brasília. Inspirada na revista Realidade, é fruto de um trabalho acadêmico transdisciplinar de alunos e professores da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília. A Campus Repórter é feita por meio de um conjunto de disciplinas – de jornalismo, publicidade, desenho industrial – para a experimentação avançada de reportagem no meio impresso.

Com acabamento bem cuidado, fotografias e diagramação sofisticadas, a edição traz as seguintes reportagens:

A reportagem de capa sobre audiodescrição nasceu de um documentário – trabalho de conclusão de curso. Para entender os outros sentidos, além da visão, as repórteres frequentaram o Centro Especial de Ensino para Deficientes Visuais-DF.

A reportagem sobre mulheres que se organizam em cooperativas foi produzida no ABC e aborda o cooperativismo no berço do sindicalismo brasileiro.

Goiás é o cenário da reportagem inserida nos 20 anos de políticas públicas para a infância e a adolescência com a criação do Estatuto da Criança e do Adolescente. Os repórteres passaram cinco dias em um orfanato para entender a lógica desses espaços.

A história do rock dos anos 60 em Brasília é um híbrido: a pesquisa é reportagem, mas o formato é almanaque; tem fotos resgatadas de álbuns desbotados e formas geométricas inspiradas em cartazes modernistas. Muito antes do mito do Legião Urbana, os jovens cabeludos da capital abriam shows de Roberto Carlos e animavam bailinhos em vários pontos da cidade.

O entrevistado da edição é o cientista político David Fleischer . Às vésperas das eleições presidenciais, o principal desafio a vencer foi a produção de um material com tempo de validade longo, capaz de superar as nuvens que se movem tão rápido no cenário eleitoral.

Fonte: Chico SantAnna

Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série


Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série