Leilão beneficente de telas teve audiodescrição

Cem telas pintadas pela artista plástica Ilza Lopes foram leiloadas ontem, na sede do CPC (Centro de Prevenção à Cegueira) do Lions Clube de Americana. O evento começou às 14h e em apenas uma hora, 50 telas já estavam vendidas, conforme informou a coordenadora administrativa do CPC, Rosana Luchiari.

Toda a renda obtida com a venda dos quadros será revertida ao centro, que completa 20 anos de existência este mês.

"A exposição de telas é um evento de que normalmente os deficientes visuais não teriam a oportunidade de participar por causa da visão. Mas nós trabalhamos exatamente esta questão da limitação deles e oferecemos aulas de audiodescrição dos quadros, além de um quadro em alto relevo", explicou Rosana.

PEÇA

Sábado, um grupo de sete alunos do CPC apresentou a peça Dona Raposa no Reino do Faz de Conta, no teatro do CCL (Centro de Cultura e Lazer), em Americana. O evento contou com cerca de 100 espectadores e as cenas foram audiodescritas antes do início.

Fonte: jornal todo dia

Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série


Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série