Projeto de Lei obriga a audiodescrição na cidade de São Paulo

O vereador Alfredo Cavalcanti apresentou projeto de lei que obriga a apresentação de sessões de cinema com os recursos de audiodescrição e LIBRAS nos cinemas da cidade de São Paulo.

A íntegra do projeto ainda não foi disponibilizada no site da Câmara Municipal.

Projeto de Lei nº 371/2010 de 04/08/2010.

INSTITUI A OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO DE SESSÃO De CINEMA INCLUSIVO, ADAPTADO A PESSOAS COM DEFICIÊNCIA DE AUDIÇÃO E/OU VISÃO, VIABILIZADOS ATRAVÉS DA INTERPRETAÇÃO EM LÍNGUA GESTUAL PORTUGUESA, LEGENDAGEM E ÁUDIO-DESCRIÇÃO NA CIDADE DE SÃO PAULO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Autor(es): ALFREDO CAVALCANTE.

Nota do Blog: o nobre vereador certamente confundiu a Lingua Brasileira de Sinais com a Lingua de Sinais Portuguesa, assim como também confundiu a grafia de audiodescrição.



Mais sobre audiodescrição