Vera Lúcia Santiago entrega coletânea de DVDs com recursos de acessibilidade

Na última sexta-feira (23), o Projeto DVD Acessível, de autoria da Professora Doutora da Universidade Estadual do Ceará, Vera Lúcia Santiago, entregou à sociedade brasileira DVDs de filmes nacionais com os seguintes recursos de acessibilidade: título do filme em Braille, Audiodescrição, Menus com Audionavegação, Janela na Língua Brasileira de Sinais e Legendas para Surdos e Ensurdecidos.

foto da profa Vera Lúcia

Segundo Vera, tudo começou no ano 2000, quando foi indagada pelos surdos durante a realização da sua primeira pesquisa no Instituto dos Surdos do Ceará: – Quando é que eu vou poder ir pro cinema?” A partir daí, Vera passou a refletir sobre a necessidade de a pesquisa transcender os muros da universidade e mostrar sua viabilidade para a sociedade e, principalmente, para os produtores culturais do país. “É possível você tornar um filme acessível a baixo custo”, ressaltou a professora.

Além disso, Vera citou outras iniciativas que resultaram da sua pesquisa no campo da acessibilidade audiovisual. “Além do cinema, nós estamos com projetos no teatro… já fizemos cinco peças de teatro aqui em Fortaleza, sempre com o público com deficiência visual prestigiando todas essas peças”, destacou a pesquisadora.

Por fim, a professora agradeceu aos patrocinadores e apoiadores do projeto, bem como aos seus alunos, que participaram com entusiasmo desse projeto e envolveram-se com a questão da acessibilidade. “Além de tornar conhecido pros produtores culturais desse país a possibilidade da acessibilidade, nós que fazemos a Universidade Estadual do Ceará também estamos trabalhando na formação desses profissionais. Profissionais comprometidos com a pesquisa, com a acessibilidade e com a inclusão social que esse projeto proporciona”, finalizou Vera antes de iniciar a demonstração dos recursos de acessibilidade dos DVDs.

A solenidade Realizada no Centro Cultural Oboé em Fortaleza, foi marcada por momentos de muita emoção e contou com a presença de várias personalidades do Ceará, dentre elas, o cineasta cearense e presidente do Congresso Brasileiro de Cinema, Rosemberg Cariry, que recebeu da Prof.ª Vera Santiago os primeiros exemplares dos DVDs Acessíveis que irão compor a videoteca de filmes nacionais acessível, uma iniciativa pioneira no Brasil. “Eu parabenizo você e sua equipe pelo excelente trabalho e coloco a minha obra à disposição… e fico muito feliz de poder contribuir… e ver nesse país gente realizando um trabalho de tamanha importância”, declarou o cineasta.

Representando a comunidade com deficiência visual, esteve presente à solenidade, o Ilmo. Sr. Presidente da Associação dos Cegos do Ceará – ACEC, Antônio da Mota Teixeira, que recebeu com bastante entusiasmo os DVDs Acessíveis. “Será na verdade um prêmio pra nós deficientes visuais poder assistir filmes… em cenas silenciosas a gente já pode saber o que está acontecendo”, ressaltou Mota. A ACEC completará 25 anos em novembro próximo, atuando na educação e profissionalização dos cegos, e Mota pretende realizar uma mostra de filmes acessíveis durante as festividades. Outra entidade ligada às pessoas com deficiência visual que marcou presença no Centro Cultural Oboé foi a Sociedade de Assistência aos Cegos – SAC, representada pela Ilma. Sr.ª Maria Josélia Sá e Almeida. “Parabenizo a Vera por mais essa ferramenta de acessibilidade importantíssima que a gente tem em mãos aqui”, disse a Presidente da SAC.

Os representantes das instituições de assistência e educação de surdos, bem como os profissionais intérpretes de LIBRAS, participavam do Encontro Nacional dos Estudantes de Letras LIBRAS, evento que acontecia simultaneamente em Fortaleza, e, portanto, não puderam comparecer à solenidade.

O evento de lançamento do projeto contou ainda com as presenças da Ilma. Sr.ª Herbênia Gurgel, Diretora da Biblioteca Pública Municipal Dolor Barreira, que enalteceu a contribuição do projeto para a acessibilidade e o enriquecimento do acervo da biblioteca, e do Ilmo. Prof. Dr. Marcos Colares, Diretor do Centro de Humanidades da UECE juntamente com outros membros do corpo docente da universidade. “A pesquisa tem que ser acessível à sociedade”, ressaltou o Prof. Marcos.

Vale destacar ainda o apoio da Prefeitura de Fortaleza ao projeto, através da Secretaria de Cultura, representada pela Ilma. Sr.ª Fátima Mesquita. Segundo a Secretária, a Biblioteca Dolor Barreira também está buscando construir essa acessibilidade, e destacou: “A gente esta aí também pra contribuir”.

Após a belíssima apresentação do violonista, professor e regente da Camerata de Violões do Liceu do Conjunto Ceará, Jorge Andrade, que abrilhantou a noite com singulares interpretações de “Asa Branca”, do compositor cearense Humberto Teixeira, e “While My Guitar Gently Weeps”, de George Harrison, e “Day Tripper” de John Lennon e Paul McCartney, ambas gravadas pela banda britânica The Beatles, os convidados assistiram a sessão avant-première do curta-metragem “Nas Asas do Coração”, documentário que narra uma singela e emocionante história de sonhos impossíveis e registra a primeira peça de teatro acessível às crianças com deficiência visual no Ceará.

Ao final, todos os presentes desfrutaram de um delicioso coquetel, servido na galeria do Centro Cultural Oboé, enquanto apreciavam as obras de renomados artistas plásticos brasileiros. Dentre os convidados, realçaram o evento com suas presenças o ator e diretor teatral Davidson Caldas, o ator e bailarino Graco Alves, e as jovens cineastas Sara Benvenuto e Marina Mapurunga, artistas que também contribuíram para o sucesso do projeto.

Além do Centro Cultural Oboé, o Núcleo de Línguas Estrangeiras das UECE e o Pinno’s Buffet apoiaram o evento.

Saiba mais sobre a profa Vera Lúcia e o grupo LEAD:

Fonte: LEAD – UECE com informações do Instituto Hélio Góis

Mais sobre audiodescrição
A parceria firmada entre a área de Soluções em Acessibilidade da Fundação Dorina Nowil e
"O Tempo e o Vento" está disponível em DVD com audiodescrição do filme. Deficientes auditivos
Há duas possibilidades: um escuro preenchido de silêncios ou imagens. A escolha é feita por


Mais sobre audiodescrição
A parceria firmada entre a área de Soluções em Acessibilidade da Fundação Dorina Nowil e
"O Tempo e o Vento" está disponível em DVD com audiodescrição do filme. Deficientes auditivos
Há duas possibilidades: um escuro preenchido de silêncios ou imagens. A escolha é feita por