Audiodescrição: Ninguém mandou adiar, O jeito agora é imaginar

Aqueles que acompanharam a novela América, da Rede Globo, e principalmente aqueles que participaram das discussões na lista criada pela assessoria de Glória Perez para que pessoas cegas ajudassem na construção das cenas com os personagens Jatobá e Flôr, certamente lembram-se das mensagens enviadas pelo Naziberto Lopes, intituladas "No Mundo da Imaginação".

Naquelas mensagens, Naziberto descrevia as cenas da novela que não conseguia compreender pela falta da audiodescrição com muito humor e picardia. As narrações foram tão marcantes que acabaram originando o Movimento Pela Audiodescrição (MAD), e a primeira manifestação pública reivindicando a inclusão da audiodescrição na programação das emissoras brasileiras de televisão: Carta Aberta À Rede Globo de Televisão.

Agora, em seu novo blog, Naziberto criou a categoria "Audiodescrivinhando", onde promete novamente descrever cenas de programas de televisão da forma como os entendeu sem a ajuda da audiodescrição.

Vejam um trechinho do primeiro post dessa categoria:

Imagem em fundo azul de um homem sentado em uma poltrona vermelha assistindo televisão

Convido os amigos de copo e de cruz, aqueles que ficam com cara de pastel igual a minha diante da televisão sem audiodescrição, para que tentem fazer o mesmo e mandem para cá o resultado de suas imaginodescrições. Vamos montando um acervo aqui e depois despachamos para os responsáveis pela ABERT – Associação Brasileira de emissoras de Rádio e Televisão – para que eles vejam aquilo que nós não vimos!!

(*) Imaginodescritor é uma pessoa desesperada que possuindo uma deficiência visual (cegueira total ou baixa visão) geralmente é vista com cara de pastel diante da televisão, do cinema, do palco de um teatro, com a boca aberta e milhares de interrogações flutuando sobre a cabeça na tentativa de saber em que raio de contexto, de cenário, de ambiente, estão inseridas aquelas vozes que ela está ouvindo. Como não consegue ter certeza do que seja, passa a imaginar aquilo que lhe vier na telha.

Mais sobre audiodescrição
Nem todos os cidadãos conseguem ter acesso ao conteúdo que passa na televisão da mesma
Sou Flávia Machado, uma entusiasta da audiodescrição, quero te convidar para compartilhar com outras pessoas
A Ancine e o setor decidiram quais vão ser os tipos de arquivos com audiodescrição


Mais sobre audiodescrição
Nem todos os cidadãos conseguem ter acesso ao conteúdo que passa na televisão da mesma
Sou Flávia Machado, uma entusiasta da audiodescrição, quero te convidar para compartilhar com outras pessoas
A Ancine e o setor decidiram quais vão ser os tipos de arquivos com audiodescrição