Audiodescrição abrindo portas no mundo da dublagem

Como entrar no mercado de dublagem

Tem muita gente me perguntando como faz para entrar no mundo do audiovisual, seja com legendagem, dublagem, audiodescrição, transcrição, etc.

É um mundo cão! Você só entra quando conseguir ter um bom filme, documentário, enfim algo do tipo com os créditos para você no final.

Aí vem a pergunta, mas como vou ter um filme no meu nome se não me dão oportunidade?

Olha, a maneira que eu, Ana Carolina, encontrei foi puxar o saco e barganhar.

São poucas ou quase nenhuma as agências que trabalham com a área do audiovisual. Normalmente são os estúdios de dublagem que contratam tanto para legendar quanto para tradução e adaptação do texto para dublar e eles também não contratam quem não tem "experiência".

Furthermore, é preciso um domínio sobre tecnologias maior que na área de tradução técnica. Aqui lidamos com configuração e criação de menu, qualidade do vídeo e áudio (que tem "n" tipos), queima de legenda, marcação do texto para dublagem e por aí vai.

Acho que para principiantes, o legal é fazer algum curso na área de cinema com ênfase em tecnologia audiovisual e depois que tiver um bom conhecimento do processo, como sempre, formar parcerias, quem fará o menu pra você? A finalização? E a revisão?

Sim, porque sendo um mercado muito competitivo ou você oferece tudo (o cliente normalmente fecha com quem oferece tudo) por um preço de acordo com o mercado) do que ficar lidando com 7 pessoas ou empresas diferentes.

E depois de tudo? Bom, barganhe! Puxe o saco de alguém, converse com alguma distribuidora ou produtora de filmes, envie seu CV para quem puder. Ofereça um preço bem abaixo do mercado e, se mesmo assim não conseguir e se você quiser muito, ofereça o 1º serviço gratuitamente com a condição de receber e poder divulgar os créditos das traduções.

É, é um mundo tão complicado quanto o literário. E ainda digo que somente após o falecimento do Herbert Richers que esse mundo começou a sair do "centro" RIO DE JANEIRO para finalmente compreenderem que temos bons estúdios e tradutores em sampa também!

Ainda falta muito, mas chegamos lá.

Abraços,

Ana Carolina Konecsni

Fonte: Editora Plus | Tradução +

Mais sobre audiodescrição
A Ancine e o setor decidiram quais vão ser os tipos de arquivos com audiodescrição
Na próxima sexta-feira (29/07), a Filmes Que Voam lançará gratuitamente em seu portal o filme
Cada vez mais empresas percebem que pessoas com deficiências também são consumidores. A Netflix levou


Mais sobre audiodescrição
A Ancine e o setor decidiram quais vão ser os tipos de arquivos com audiodescrição
Na próxima sexta-feira (29/07), a Filmes Que Voam lançará gratuitamente em seu portal o filme
Cada vez mais empresas percebem que pessoas com deficiências também são consumidores. A Netflix levou