Audiodescrição das obras da Paralela 2010

Algumas das obras da Paralela irão receber uma versão descritiva em áudio, tendo como intuito, disponibilizar informações sonoras que propiciem maior acessibilidade e liberdade para visitantes com deficiência visual, o que ampliará o público da exposição, universalizando assim, o acesso à arte.

O projeto, realizado pelos próprios alunos do Liceu de Artes e Ofícios em parceria com a equipe da Paralela, já está em produção. Cerca de 40 obras já foram roteirizadas, estando em avaliação por profissionais da área a fim de serem gravadas em estúdio. Confira algumas das obras que terão versão descritiva em áudio:

Piano que chora

Balsa

patinhos

Daninhas

Magenta Mushroo

monitor e visitante acompanhado de cão-guia

Em breve, o recurso estará disponível na exposição. No entanto, a Paralela já conta com monitores preparados para receber e auxiliar todos os tipos de público.

Espera-se que outros eventos, assim como a Paralela, passem a dar importância à acessibilidade: o fato de uma pessoa possuir algum tipo de deficiência, não a priva de consumir a arte(…) É direito de todos o acesso à cultura, ao lazer e ao entretenimento. Basta uma obra, uma atitude ou um diferencial, para que qualquer evento, conquiste grandes êxitos.”

Rubens Takamine e Victor Pezzuol

Sobre paralela10

Em sua 5ª edição, a mostra reúne 82 artistas no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, entre 22 de setembro a 28 de novembro de 2010, sob a curadoria de Paulo Reis.

Saiba mais sobre a Paralela 2010:

Fonte: Paralela 2010 / A Contemplação do Mundo



Mais sobre audiodescrição