Uma cidade saudável é uma cidade inclusiva

Durante a realização da36º edição do Festival CineSesc Melhores Filmes, uma equipe de reportagem do boletim SESC Notícias, periódico mensal distribuído para todas as unidades do SESC-SP, esteve no CineSesc entrevistando frequentadores e filmando flashes de diversos momentos da mostra. A filmagem faria parte de um documentário produzido pela assessoria de imprensa do SESC com o título: Uma Cidade Saudável É Uma Cidade Inclusiva.

Agradecemos a direção do SESC-SP, aos gestores do CineSesc e aos jornalistas responsáveis pela produção do vídeo por nos terem fornecido uma cópia da matéria para que pudéssemos apresentá-la aos leitores do Blog da Audiodescrição.

Mais que simplesmente agradecer pela cessão do vídeo, agradecemos ao CineSesc pelo apoio, divulgação e realização dos recursos de acessibilidade necessários para que pessoas com deficiência possam compreender, apreciar e participar de sessões de cinema em igualdade de condições com as demais pessoas. A atitude do CineSesc já se transformou em exemplo que esperamos venha a ser seguido por todas as salas de cinema do país.

Mas então porque o título desse post Uma Cidade Saudável É Uma Cidade Inclusiva, que a primeira vista não tem relação com o assunto? Assista a reportagem, ela explica!

Documentário Uma cidade saudável é uma cidade inclusiva

Mais informações:

Em abril deste ano publicamos uma série de notícias a respeito da realização da 36ª edição do Festival CineSesc Melhores Filmes de 2009. Veja algumas delas:

Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo


Mais sobre audiodescrição
O Cine às Escuras: Mostra Erótica de Cinema Acessível realiza sua segunda edição nos dias
Um festival que pretende devolver aos mágicos as “luzes da ribalta”, promovendo um encontro entre
Produtores e realizadores já podem inscrever seus curtas-metragens com audiodescrição para concorrer no IV VerOuvindo