Instituto Sul-Matogrossense de Cegos inaugura Ponto de Cultura Novo Olhar

Dança, música, coral, capoeira e implantação do audiovisual. Estas são as áreas trabalhadas pelo Instituto Sul-mato-grossense para Cegos – Ismac, contemplado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul como Ponto de Cultura Novo Olhar.

Localizado na Rua 25 de dezembro, 262, centro de Campo Grande, o espaço oferece a reabilitação e acessibilidade aos participantes das atividades por meio do exercício da Arte.

O Ponto tem como metas atender 105 crianças, adolescentes e adultos com deficiência visual, além de pessoas da comunidade que se identificam com a Arte. Palestras, pesquisas, oficinas e as novas tecnologias, como a cultura digital, produção e exibição de vídeos, pretendem complementar e estruturar o processo de educação, assim como a pesquisa de obras de escritores sul-mato-grossenses e a criação de um espetáculo com a temática regional, envolvendo os participantes dos cursos, também são prioridades.

No local, o aluno usufrui de salas devidamente adaptadas para as aulas específicas, auditório, ambiente alternativo para a execução das apresentações artísticas e ateliê para a construção de cenários e afins. A ilha de edição e os equipamentos para o desenvolvimento das oficinas de audiovisual já estão instalados.

Com o trabalho sendo construído de forma organizada, superar barreiras e quebrar paradigmas tornam-se pontos chaves na realização do Ponto Novo Olhar. A Arte desempenha um papel potencialmente vital em qualquer processo de educação, habilitação e reabilitação. As atividades promovem um processo complexo em que o aluno reúne diversos elementos de sua experiência e no decorrer do ano forma um novo e significativo conceito sobre sua própria vida, valorizando sua família, a sociedade, sua autoestima e confiança.

O Ismac tem como parceiros a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Fundação de Cultura de Campo Grande, Gráfica Confiança, entre outros, além de artistas, artesãos e talentos locais.

Fonte: Pontão de cultura Guaicurú

Mais sobre audiodescrição
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na
O 3° Encontro (Inter)nacional de Audiodescrição acontece de 26 a 29 de abril de 2017
O Centro de Pesquisa e Formação do SESC-SP promove no dia 24/04/16 a Oficina Fundamentos


Mais sobre audiodescrição
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na
O 3° Encontro (Inter)nacional de Audiodescrição acontece de 26 a 29 de abril de 2017
O Centro de Pesquisa e Formação do SESC-SP promove no dia 24/04/16 a Oficina Fundamentos