Lançamento da Terceira edição do projeto Cinema Nacional Legendado e Audiodescrito versão videoteca”

Distribuição de filmes Nacionais Legendados e Audiodescritos para as instituições. As novas coleções de DVDs incluem 30 filmes com legenda oculta closed caption e 30 com audiodescrição.

Cinema Nacional Legendado e Audiodescrito

A exemplo dos deficientes auditivos, os deficientes visuais acabam de marcar mais um ponto no quesito acessibilidade cultural.  A ARPEF  lança em dezembro, sempre com o patrocínio da Petrobras, a terceira edição do projeto “Cinema Nacional Legendado e Audiodescrito – Versão Videoteca”, que agora passa a beneficiar também as pessoas com deficiência visual, acrescentando, por isso, a palavra ‘Audiodescrito’ ao título. O lançamento do projeto será na sede da Associação de Reabilitação e Pesquisa Fonoaudiológica, na segunda-feira, 13 de dezembro, a partir das 19h, em Botafogo.

A versão Videoteca 2010 distribuirá 100 kits com 30 filmes para associações e escolas de surdos e outros 100 kits, que serão destinados a associações e escolas para cegos. Além de “Lula, filho do Brasil”, farão parte das coleções os filmes “Se eu fosse você”, “Tropa de elite”, “Saneamento básico”, “Zuzu Angel”, “Era uma vez”, “Os normais 2”, “Divã”, “Linha de passe”, “Ó paí, ó” e “A Mulher Invisível”, entre outros.

Serão beneficiadas instituições de todos os estados do país.

Em sua terceira edição, a versão Videoteca do projeto Cinema Nacional Legendado & Audiodescrito também é uma iniciativa da ARPEF, que há mais de 20 anos trabalha em prol da reabilitação dos surdos. O objetivo é levar entretenimento a lugares e pessoas que não são beneficiadas pela mostra Cinema Nacional Legendado & Audiodescrito, que está de volta às telas do CCBB do Rio e de São Paulo.

A mostra CNL tem chamado a atenção desde 2004, quando começou a ser exibida no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro. Pioneiro no país, o projeto incentiva o acesso à informação e ao lazer por meio de sessões gratuitas de filmes brasileiros atuais com legenda oculta, que permite ao deficiente auditivo acompanhar não só os diálogos das personagens, mas também o clima da cena, indicações de sons e música. A partir de 2007, a mostra passou a incluir também filmes com o sistema de audiodescrição.

O projeto foi idealizado pela fonoaudióloga Helena Dale, fundadora da Associação de Reabilitação e Pesquisa Fonoaudiológica (ARPEF), em parceria com o Centro de Produção de Legendas, que produz as legendas ocultas dos filmes exibidos no CCBB e da programação da TV Globo. O trabalho de audiodescrição vem sendo aprimorado com a participação de um grupo de deficientes visuais, que assistem à primeira versão do filme com audiodescrição e dão sugestões aos profissionais.

Ao longo dos anos, Helena vem lutando para melhorar a acessibilidade dos deficientes auditivos à cultura. Em busca de um tratamento ideal pra seu filho Alexandre, que ficou surdo aos 10 meses de idade, Helena também criou o Centro de Produção de Legenda, responsável pela legenda oculta dos filmes nacionais exibidos na mostra Cinema Nacional Legendado & Audiodescrito, no CCBB-RJ, e nos filmes e séries da TV Globo. A partir do desejo de alguns alunos em assitir filmes nacionais com legendas especiais para deficientes auditivos, Helena criou o projeto, que depois se estendeu aos deficientes visuais.  Hoje, o filho Alexandre, acompanha Helena em sua luta.

Serviço:

LANÇAMENTO DA TERCEIRA EDIÇÃO DO PROJETO CINEMA NACIONAL LEGENDADO E AUDIODESCRITO – VERSÃO VIDEOTECA
LOCAL: ARPEF – Associação de Reabilitação e Pesquisa Fonoaudiológica
ENDEREÇO: Rua Dezenove de Fevereiro, 163 – Botafogo
DATA: segunda-feira, 13 de dezembro de 2010, às 19h.

Fonte: Visão Carioca

Mais sobre audiodescrição
Esplendor" (ou "Hikari", no original) é uma lufada de delicadeza numa safra de filmes pesados.
A Ancine e o setor decidiram quais vão ser os tipos de arquivos com audiodescrição
Na próxima sexta-feira (29/07), a Filmes Que Voam lançará gratuitamente em seu portal o filme


Mais sobre audiodescrição
Esplendor" (ou "Hikari", no original) é uma lufada de delicadeza numa safra de filmes pesados.
A Ancine e o setor decidiram quais vão ser os tipos de arquivos com audiodescrição
Na próxima sexta-feira (29/07), a Filmes Que Voam lançará gratuitamente em seu portal o filme