Bom Dia Brasil: a indignação continua com outras manifestações

Com a minha imaginação fértil, jamais imaginei que ouviria termos, expressões, e uma forma de apresentação tão caricata sobre a audiodescrição e sobre pessoas cegas que estavam naquela sessão de cinema “exclusiva”. O termo “audiodescrição”também ficou invisível na matéria.

Vale dizer que na "Globo" já assisti reportagens sobre audiodescrição dignas de serem apreciadas e que ela como as demais redes de televisão, ainda não implantaram a audiodescrição na programação.

Este é um trecho do artigo intitulado "Um tapa no Pé do Ouvido", publicado por Rosa dos Santos, criadora do Blog Rosa da Rosa.

Veja também:



Mais sobre audiodescrição