Carnaval Acessível de SP também terá camarote da acessibilidade

Por iniciativa da SP Turis em parceria com FMU e a colaboração da Fundação Dorina Nowill para Cegos, durante as 3 noites de desfile das escolas de samba do Carnaval Paulistano, haverá um camarote especial no sambódromo, equipado com recursos que permitirão acessibilidade para 25 pessoas com deficiência visual e seus respectivos acompanhantes. E mais: os participantes também visitarão o ensaio de uma escola de samba e a concentração dos carros alegóricos. Tudo isso para tornar o carnaval acessível para os paulistanos.

Carnaval acessível: Imagem: cartaz do evento. Retângulo horizontal verde com raios concêntricos em verde claro. Na área central faixa na cor laranja com o nome do evento em preto e branco. Acima da faixa as logomarcas da Fundação Dorina, da SPTuris e da FMU.

Confira a seguir o Regulamento do carnaval acessível:

  • As inscrições vão de 20/12/2010 a 14/01/2011;
  • A inscrição será feita através do envio da Ficha de Inscrição para o e-mail carnaval2011@fundacaodorina.org.br e será válida somente após o recebimento de e-mail de confirmação;
  • Para solicitar a ficha de inscrição envie e-mail para carnaval2011@fundacaodorina.org.br;
  • O sorteio dos 75 participantes acontecerá no dia 17/01/2011 na Rua Dr Diogo de Faria 558, às 14h, e a divulgação dos sorteados será feita no dia 18/01/2010 no site www.spturis.com;
  • Cada sorteado terá direito a 1 acompanhante;
  • Os sorteados e acompanhantes deverão participar de todas as atividades propostas, caso contrário serão desclassificados;
  • A organização oferecerá transporte gratuito para todas as atividades propostas. O ponto de encontro das saídas e retornos para os eventos será na sede da Fundação Dorina Nowill para Cegos, localizada na rua Doutor Diogo de Faria, nº 558, Vila Clementino – São Paulo/SP (próximo ao metrô Santa Cruz).

Critérios de participação no carnaval acessível de São Paulo:

  • ser pessoa cega ou com baixa visão;
  • ser maior de 18 anos;
  • gostar de carnaval e gozar de boas condições de saúde e resistência física;
  • residir ou estar em São Paulo nas datas dos eventos (ensaio, concentração e desfile).
  • Ter um acompanhante com visão normal, também maior de 18 anos.

Fica estabelecido que:

  • SP Turis, FMU e Fundação Dorina não se responsabilizarão por eventuais custos de hospedagem e passagens dos sorteados;
  • a ficha de inscrição só será válida se todos os campos estiverem preenchidos;
  • cada sorteado participará de 1 desfile, 1 ensaio e 1 visita à concentração;
  • As inscrições são pessoais e intransferíveis. No caso de desistência de um participante sorteado, fica a critério da SPTuris a substituição ou não do mesmo.

Fonte: Blog Dorina – o Blog da Fundação Dorina Nowil

Mais sobre audiodescrição
Carnavais acessíveis que foram destaque em 2017: para acolher pessoas com deficiência, a estratégia da
Nos quatro dias de desfiles no Sambódromo, pelos grupos de Acesso e Especial, cerca de
Sucesso do carnaval carioca: com mais de 400 mil visualizações em menos de 24 horas,


Mais sobre audiodescrição
Carnavais acessíveis que foram destaque em 2017: para acolher pessoas com deficiência, a estratégia da
Nos quatro dias de desfiles no Sambódromo, pelos grupos de Acesso e Especial, cerca de
Sucesso do carnaval carioca: com mais de 400 mil visualizações em menos de 24 horas,