Prefeitura de Osasco leva a audiodescrição para as salas de aulas

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação, deu início ao projeto Cinema Inclusão, exibição de filmes com recursos de acessibilidade na própria unidade educacional.Desenvolvido com assessoria da associação Mais Diferenças, o projeto vem percorrendo as unidades oferecendo às crianças curtas-metragens nacionais com tradução para LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais), audiodescrição (para pessoas com deficiência visual) e legenda oculta (conhecida como closed caption, indicada para pessoas com deficiência auditiva).Juntamente com o filme, cada unidade recebe uma caixa que contém um kit para exibição: panos pretos para escurecer a sala, tela branca para projeção, DVD’s, encartes com sugestões de atividades e vendas para os olhos.
Após a exibição, os alunos sentam em roda e têm uma conversa sobre o que foi visto e realizam atividades propostas pela professora, sempre abordando a temática da inclusão e acessibilidade. O objetivo é oferecer a possibilidade de assistir filmes na infância, além de enriquecer a proposta pedagógica com o tema inclusão.
"A ação garante o acesso à cultura e pode ainda produzir o interesse dos alunos por programas culturais e pela produção audiovisual, além, é claro, de as questões levantadas pelos alunos poderem suscitar novas propostas para serem abordadas no plano pedagógico", explica a secretária de Educação, Profª Mazé Favarão.
Os alunos da EMEI Severino de Araújo Freire, no Jd. Novo Osasco tiveram a sua primeira sessão no último dia 3 de dezembro. "Achei legal o filme e perguntei para a professora porque as crianças se deram as mãos", disse o estudante Paulo Henrique da Silva Souza Bispo, de 5 anos. "Eu também gostei, menos da parte em que a menina fica doente", acrescentou o colega David Mariano Alves da Silva, também de 5 anos.
Para a professora Meire Aparecida Cavalcanti Brasil da Silva, o projeto vem enriquecer o que já é proposto em sala. "Como temos um aluno com Síndrome de Down, já havia tratado esse tema com eles. É muito bom começar desde cedo a aprender a respeitar", enfatiza a professora.
Cinema para todos
Haverá exibição de filmes em todas as unidades, desde creches até as salas de EJA, contando com a participação de uma ou duas classes por período, indicadas pela escola. Os filmes exibidos e a atividade posterior são escolhidos de acordo com a modalidade de ensino. As sessões acontecem às 3ªs, 4ªs e 5ªs feiras. As sessões iniciaram em 19 de outubro e totalizarão 57 em 2010, tendo continuidade a partir de fevereiro de 2011.
Os filmes escolhidos para a exibição no Cinema Inclusão são:
– Para as EMEI’s:
Os Olhos do Pianista (Animação/ De Frederico Pinto/2005 / 5 min. / RS.). Em um cinema mudo, pianista cego executa trilhas ao vivo com a ajuda de sua neta.
– Para as EMEF’s:
O anão que virou gigante (Animação/De Marão/2008/10min./RJ).
A improvável – todavia autêntica – história do anão que virou gigante. Menino que até aos 12 anos era anão e depois dos 20 tem crescimento exacerbado. Aborda o processo de exclusão vivido por esse menino na infância, por se tratar de uma pessoa de baixa estatura, e como esse fator foi determinante para a constituição de sua personalidade. Aos 20 anos, o mesmo se depara com um processo inverso.
– Para EJA:
Dedicatórias (Ficção/De Eduardo Vaisman/1997/15min/RJ).
Mulher solitária procura o amor através de dedicatórias amorosas de livros antigos.
Eu não quero voltar sozinho (Ficção/ De Daniel Ribeiro/2010/17min/SP).
A vida de Leonardo, um adolescente cego, muda completamente com a chegada de um novo aluno em sua escola. Ao mesmo tempo, ele tem que lidar com os ciúmes da amiga Giovana, entender os sentimentos despertados pelo novo amigo Gabriel.
– Para todas as modalidades:
Animando (Animação/ De Marcos Magalhães/ 1983/ 13min/ RJ).
As várias técnicas de animação no cinema, em filme realizado em parte nos estúdios do National Film Board do Canadá.
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
Assessoria de Comunicação e Eventos: Vilmary Macedo Texto : Soraia Sene
Departamento de Comunicação Social
Telefones: (11) 3652-9456 / 3652-9520
E-mail: imprensa@osasco.sp.gov.br

Fonte: Prefeitura de Osasco

Mais sobre audiodescrição
Alunos do curso de Especialização em Audiodescrição, promovido pelo Núcleo de Pesquisa em Inclusão, Movimento
Nos últimos meses me dediquei exclusivamente aos cursos de formação de professores, tendo atuado, simultaneamente,
Para apresentar o tema audiodescrição aos estudantes que participam de um projeto de iniciação científica


Mais sobre audiodescrição
Alunos do curso de Especialização em Audiodescrição, promovido pelo Núcleo de Pesquisa em Inclusão, Movimento
Nos últimos meses me dediquei exclusivamente aos cursos de formação de professores, tendo atuado, simultaneamente,
Para apresentar o tema audiodescrição aos estudantes que participam de um projeto de iniciação científica