Empresa divulga a audiodescrição entre seus colaboradores

Colaborador da Prodam ETIC – Empresa de Tecnologia de Informação e Comunicação do Município de São Paulo organiza livro sobre audiodescrição – O lançamento do livro foi realizado ontem na SEDPcD

Capa do livro

A capa, criada pela designer Aracy Bernardes, com fundo ocre e tons que vão do vinho ao marrom, é ilustrada pelo perfil de um rosto, com destaque para olho e parte da boca. Do centro para o lado esquerdo superior três imagens desfocadas, sobrepostas e transparentes, um fluxo de letras sai da boca da pessoa sobrepondo fotos descoloridas de praia e flor na parte inferior. O título "Audiodescrição: Transformando Imagens em Palavras" e os nomes dos organizadores, Lívia Maria Villela de Mello Motta e Paulo Romeu Filho, estão escritos com letras pretas sobre fundo ocre na parte superior e inferior da capa”.

A descrição acima é sobre a capa do livro "Audiodescrição – Transformando Imagens em Palavras"”, dos organizadores Lívia Maria Villela de Mello Motta e Paulo Romeu Filho, que foi lançado ontem, dia 24, pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, na sede da SEDPcD. Na mesma ocasião, também foram lançados a versão virtual do Memorial da Inclusão – Os caminhos da Pessoa com Deficiência e a Primeira Mostra de Acessibilidade dos Museus do Estado de São Paulo, focando o Museu Casa Portinari e a Pinacoteca do Estado.

O livro é o primeiro sobre o tema audiodescrição no Brasil e reúne trabalhos de professores e profissionais da área, além de artigos e depoimentos de pessoas com deficiência visual que lutam para que o recurso da audiodescrição seja implantado no Brasil, principalmente na televisão. Paulo Romeu Filho, colaborador da PRODAM, e Lívia Motta, doutora em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, além de ser audiodescritora, reuniram diversos materiais e organizaram tudo para transformar no livro, resultado do trabalho.

O colaborador Laércio Sant’Anna, da Gerência de Desenvolvimento I (GRD I), que possui deficiência visual, conta sobre a importância da audiodescrição. "Às vezes, eu quero ver um filme na minha casa sozinho e naquela parte final do filme fica aquele fundo musical e eu não sei o que acontece na cena, ou seja, eu perco informações importantes. Com a audiodescrição na televisão a gente poderia aproveitar muito mais tudo o que acontece". Laércio ainda lamenta pela falta de interesse das organizações quanto à causa. "Essa é uma briga longa e não tem dado muito certo. As organizações têm postergado ao máximo a implantação da audiodescrição. É o primeiro livro que a gente tem sobre audiodescrição no Brasil. Eu tenho artigo no livro, a Aracy Bernardes (Gerência de Integração e Metodologia – GVI) foi a designer da capa, o Lothar Antenor Bazanella (Gerência de Estratégia e Segurança da Informação (GIE) e Sidney Tobias de Souza Gerência de Desenvolvimento II (GRD II) têm depoimentos sobre a importância da audiodescrição. A PRODAM tem uma grande participação nesse material", elogia o colaborador Laércio Sant’Anna.

A audiodescrição é um recurso de acessibilidade que amplia o entendimento das pessoas com deficiência visual e intelectual, idosos e disléxicos em eventos culturais, turísticos, esportivos, acadêmicos e outros por meio de informação sonora. Transforma o visual em verbal, abrindo possibilidades maiores de acesso à cultura e à informação, contribuindo para a inclusão cultural, social e escolar. Com esse recurso, é possível conhecer cenários, figurinos, expressões faciais, linguagem corporal, entrada e saída de personagens em cena, bem como outros tipos de ação e detalhes que são importantes para que as pessoas com deficiência visual construam o seu entendimento e interpretem aquilo que assistem.

"Audiodescrição – Transformando Imagens em Palavras" terá distribuição gratuita e também pode ser baixado em pdf.

Fonte: Portal Intranet Prodam

Mais sobre audiodescrição
No livro Audiodescrição na Escola: Abrindo Caminhos para Leitura de Mundo, Lívia nos conduz pelo
O livro Audiodescrição: Práticas e Reflexões nasce do desejo e da necessidade de observarmos o
O cinema, essa máquina de produzir imagens e fomentar a imaginação, é um ambiente que


Mais sobre audiodescrição
No livro Audiodescrição na Escola: Abrindo Caminhos para Leitura de Mundo, Lívia nos conduz pelo
O livro Audiodescrição: Práticas e Reflexões nasce do desejo e da necessidade de observarmos o
O cinema, essa máquina de produzir imagens e fomentar a imaginação, é um ambiente que