Petrolina: Cinema Acessível leva 7ª Arte às pessoas com deficiência

O ambiente descontraído e a animação dos presentes anunciaram na última quinta-feira (24) o lançamento do Cinema Acessível. O auditório do Sest/Senat recebeu o público para exibição do primeiro filme do projeto que representa mais um passo na quebra de preconceitos e na busca de qualidade de vida para os portadores de deficiência. De acordo com o representante da Associação de Deficientes Visuais de Petrolina (ADVP), Antônio Malan, essa é uma conquista muito importante, afinal é uma novidade para a região. "A gente recebeu os filmes e se reuniu com os parceiros para formatar e executar esse projeto. Nós ficamos felizes e a expectativa é grande para os outros colegas que não conheciam o trabalho", declarou. PROJETO – O primeiro filme escolhido foi Central do Brasil (1998) com direção de Walter Salles. A partir da audiodescrição, o público pode acompanhar o desenrolar da trama e cada cena era revelada a partir de um narrador que contava todos os detalhes aos ouvintes. Desenvolvido pela Sedest, Secretaria de Acessibilidade, ADVP e demais parceiros, o projeto pretende realizar exibições, semanalmente, para a comunidade, em especial os deficientes visuais. "Inicialmente será mensal, mas vamos abranger e acontecerá a cada semana", disse Tereza. Fonte: Gazeta – Portal de Notícias do Vale do São Francisco

Mais sobre audiodescrição
Estive em uma Oficina de Audiodescrição, em Porto Alegre, que além de recarregar as energias,
Com o avanço tecnológico e a mudança de hábitos, atividades tradicionais desaparecem e cedem lugar
Um mundo sem imagem, mas não sem poesia! Estou sentado, sozinho, na sala escura. Uma


Mais sobre audiodescrição
Estive em uma Oficina de Audiodescrição, em Porto Alegre, que além de recarregar as energias,
Com o avanço tecnológico e a mudança de hábitos, atividades tradicionais desaparecem e cedem lugar
Um mundo sem imagem, mas não sem poesia! Estou sentado, sozinho, na sala escura. Uma