Três Rios terá apresentação teatral com audiodescrição e LIBRAS

Três Rios marca história mais uma vez. No próximo domingo (27), a partir das 20h, será apresentado no Teatro Celso Peçanha, o espetáculo teatral com recursos de audiodescrição para cegos e tradução simultânea em Libras para surdos.

Rodrigo Portella, diretor da peça

O diretor teatral Rodrigo Portella

Este será o primeiro evento deste tipo, realizado na cidade, sob a supervisão do secretário municipal do Idoso e da Pessoa com Deficiência, doutor William Machado e do prefeito municipal, Vinícius Farah.

A peça se passa em dois tempos: No passado, uma ex-escrava negra luta pelos seus direitos como cidadã. No presente, um jovem ex-presidiário tenta se reintegrar a sociedade e à sua própria família. As duas histórias mostram de forma, ora cômica, ora dramática, o significado do que é ser livre num país como o Brasil, capaz de fazer o expectador refletir sobre os limites impostos pelo dinheiro, pela mídia, pela cor da pele raça e pela situação social.

O espetáculo "Procura-se um dono", sob direção de Rodrigo Portela, é fruto de oficinas realizadas com alunos do Ponto de Cultura Teatro Aberto. Uma realização do Grupo de Amadores Teatrais Viriato Corrêa, com recursos do Governo do Estado do Rio de Janeiro e Governo Federal.

"A questão da inclusão não deve ficar só no discurso. Todas as pessoas podem fazer alguma coisa para melhorar a vida umas das outras. É simples: eu sou diretor de espetáculos. Trabalho com cultura. Então posso, com auxílio de pessoas treinadas para isso, dar oportunidade a pessoas com deficiência de desfrutar e entender uma peça teatral na sua totalidade e se divertir como todos os outros. Agente precisa parar de achar que só o poder público é quem tem que fazer as coisas. Somos cidadãos e se queremos uma vida melhor, podemos fazer nós mesmos", disse o diretor Rodrigo Portela.

O diretor diz ainda que a idéia surgiu do secretário do Idoso e da PcD, Dr. Willian Machado. "Já tenho uma predisposição a romper fronteiras. O doutor Wiliam chamou a mim e a minha produtora Ana Loureiro pra uma conversa e nos apresentou as ferramentas. E nós dissemos: estamos contigo!"

Os ingressos podem ser obtidos, gratuitamente, na Secretaria do Idoso e da Pessoa Com Deficiência de Três Rios. Mais informações pelo telefone (24) 2255-3392. A peça também será apresentada para o público em geral na sexta-feira (25) e no sábado (26). Os ingressos estão à venda no Teatro Celso Peçanha e custam R$10 (inteira) e R$5 (meia).

Fonte: Três Rios – Jornal Online, com informações da Secretaria do Idoso e da Pessoa com Deficiência de Três Rios

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma