Ver com os ouvidos e ouvir com os olhos

Transcrição do vídeo abaixo do plugin.

Ative o vídeo no plug-in, ou assista clicando neste link acessível para usuários de leitores de telas.

Ver com os ouvidos. Você já imaginou esta sensação? Algo que parecia um sonho distante para os deficientes visuais agora é possível

Eles sentam e olham atentos para a tela, que vai projetar o filme. Os olhos nada veem, mas a mente sabe o que está acontecendo. Enquanto as imagens correm na tela, a imaginação viaja com a descrição.

Para os convidados do cinema de Blumenau (SC), são entregues vendas, para que as pessoas tenham a mesma impressão dos deficientes visuais.

O aposentado Klaus Scheltzke perdeu a visão com 18 anos, após uma atrofia ótica. Pela primeira vez, ele assiste a um filme com a audiodescrição: "Valeu a pena. O adiantamento da tecnologia é algo fantástico".

A intenção do cinema em braille é ver com os ouvidos e ouvir com os olhos. A esposa de Klaus, que vê, achou a sensação interessante, mas não deixou a venda por muito tempo: "Apesar da venda para ficarmos só ouvindo, caí na tentação de olhar", conta a dona de casa Ivanir Wartchow.

A Fundação Cultural tem mais de 30 títulos disponíveis. Eles fazem parte de um projeto da Petrobrás, que divulga o cinema nacional para cegos. A coordenadora do arquivo braille Eliane Luchini define a importância dos arquivos: "Hoje com a audiodescrição a pessoa tem essa descrição de cena. Mesmo que a pessoa cega vai ao cinema, a pessoa que acompanha consegue dar toda a descrição".

Para a elaboração dos filmes com audiodescrição, um estudo minucioso é realizado: "Eles seguem uma técnica, roteiro e todo um estudo em cima da imagem e do texto. É um roteiro a parte", afirma o coordenador da imprensa braille Giovani Machado.

A estudante Maria Estér Hornburg não vai largar tão cedo a novidade. Aos 18 anos, não conhece o que a cerca, mas a mente viaja por todo o mundo, provando que o impossível é só uma questão de opinião: "Muito bom porque vai narrando tudo que passa no filme. E as pessoas que veem entram no clima"

Fonte: Jornal Regional – RBATV

Mais sobre audiodescrição
Desafios, anseios e realizações fazem parte da vida de todos, assim como daqueles com deficiências
SIMONE tomou uma decisão: após anos de relacionamento com mulheres, resolve estar com um homem
O Observatório da Imprensa da última terça-feira debateu a prevista falta de acessibilidade durante a


Mais sobre audiodescrição
Desafios, anseios e realizações fazem parte da vida de todos, assim como daqueles com deficiências
SIMONE tomou uma decisão: após anos de relacionamento com mulheres, resolve estar com um homem
O Observatório da Imprensa da última terça-feira debateu a prevista falta de acessibilidade durante a