Deus da Carnificina, com audiodescrição no Teatro VIVO

Vivo EnCena apresenta: "DEUS DA CARNIFICINA, UMA COMÉDIA SEM JUÍZO" De Yasmina Reza

Foto do elenco em pé, atrás de mesa retangular coberta por peças coloridas de Lego e jarro com tulipas vermelhas. Da esquerda para a direita, Orã Figueiredo, Julia Lemmertz, Paulo Betti e Deborah Evelyn.

Com Deborah Evelyn, Julia Lemmertz, Orã Figueiredo e Paulo Betti.

Direção: Emílio de Mello
“Deus da Carnificina, uma comédia sem juízo”, a nova peça de Yasmina Reza, grande vencedora do Tony Awards 2009 na Broadway, chega agora a São Paulo.

Maior sucesso da atual temporada teatral européia e americana, "Deus da Carnificina, uma comédia sem juízo", estréia dia 15 de abril no Teatro Vivo. Dirigido por Emilio de Mello, o espetáculo tem no elenco Deborah Evelyn, Julia Lemmertz, Orã Figueiredo e Paulo Betti. Aclamada pelo público e aplaudida pela crítica, a temporada no Rio de Janeiro já colhe frutos: Julia Lemmertz acaba de ganhar o Prêmio Quem na categoria Melhor Atriz de Teatro e o espetáculo está indicado ao Prêmio Shell de Teatro – melhor direção e melhor ator, Paulo Betti.

Desde que foi encenada pela primeira vez em 2006, em Zurique, a peça "Deus da Carnificina, uma comédia sem juízo", coleciona elogios da crítica internacional e prêmios pelo mundo. Na Broadway, a montagem, que teve no elenco Jeff Daniels, James Gandolfini, Hope Davis e Marcia Gay Harden, ganhou em 2009 três prêmios Tony, considerado o Oscar do teatro: o de melhor espetáculo, melhor direção e melhor atriz.

A montagem em Londres, em 2008, no Teatro Gieguld, contou com Ralph Fiennes no elenco e levou o prêmio Laurence Olivier Award de melhor comédia. No mesmo ano, a encenação parisiense, no Teatro Antoine, foi estrelada por Isabelle Huppert e dirigida pela própria Yasmina Reza. Yasmina Reza é considerada pela crítica especializada a maior autora teatral da atualidade. Argelina radicada na França, ela explodiu nos anos 90 com a peça "Arte", sucesso em diversos países, inclusive no Brasil. Desde então, Yasmina não parou mais. Um dos últimos textos apresentados no Brasil, "O homem Inesperado", dirigido por Emílio de Mello, com Paulo Goulart e Nicette Bruno, estreou em 2006 e foi indicado ao Prêmio Eletrobrás de Teatro nas categorias de melhor atriz e melhor direção.

Numa época em que o mundo busca novas linguagens teatrais, "Deus da Carnificina, uma comédia sem juízo" mantém o sopro de renovação que a autora Yasmina Reza imprimiu à dramaturgia européia. O texto, como outros da autora, trata de desnudar o comportamento da classe média. "Eu escrevo um teatro de tensão, porque as tensões nos governam. Meus personagens são pessoas educadas que pretendem manter a compostura. Mas também são impulsivos, não conseguem manter as regras que impuseram a si mesmos. E é precisamente essa luta contra si mesmo que me interessa", diz Yasmina Reza.

SINOPSE

Dois casais adultos e civilizados se encontram para resolver um incidente envolvendo seus filhos pequenos: um deles quebrou dois dentes do outro numa briga na praça. Nada que os pais não possam resolver. Mas às vezes Quando o verniz social que protege os adultos da selvageria se quebra, a polidez civilizada dá lugar a um campo de batalha, onde tudo pode acontecer.

FICHA TÉCNICA

Texto: Yasmina Reza

Tradução: Eloisa Ribeiro

Direção: Emílio de Mello

Elenco: Deborah Evelyn, Julia Lemmertz, Orã Figueiredo e Paulo Betti.

Direção de Produção: Cinthya Graber e José Carlos Furtado

Cenário: Flávio Graff

Figurino: Marília Carneiro

Iluminação: Renato Machado

Música original e projeto de som: Marcelo Alonso Neves

Assessoria de imprensa: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho

Uma produção: Cinthya Graber e Nacho Laviaguerre

SERVIÇO

Local: Teatro Vivo

Endereço: Av. Chucri Zaidan, nº 860, Morumbi, São Paulo

Telefone do teatro: (11) 7420-1520

Horário de atendimento: 3ª a 5ª feira das 14h às 20h/ 6ª a domingo das 14h até o início do espetáculo Dias e horários: Sexta às 21h30/ Sábado às 21h/ Domingo às 19h

Abertura com 1 hora de antecedência do início do espetáculo

Serviço de valet

Ingressos: Sexta e domingo – R$ 50,00, Sábado – R$ 70,00

Classificação etária: 14 anos

Duração: 1h15m

AUDIODESCRIÇÃO AOS DOMINGOS – 19:00 HORAS

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL – RESERVA DE CONVITES COM LÍVIA MOTTA: livia@vercompalavras.com.br

Fonte: Ver Com Palavras

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma