Olhares: a nova exposição de fotografias audiodescritas da MIDIACE

É com muito prazer que venho apresentar esta exposição intitulada Olhares… Uma seleção de momentos retratados que demonstram um pouquinho do meu olhar fotográfico e esse meu início na trajetória em busca da imagem que encante os olhos e encha corações. É essa a intenção do Blog Foto Audiodescrita; proporcionar a expressão do sentimento a quem veja com os olhos e a quem veja com as palavras. Espero que gostem! É tudo feito com muito carinho e dedicação.
Ju Panissa

Entrevista

Rodrigo Campos: Olá a você que visita nossa página… como prometido, este mês nosso site recebe a exposição da fotógrafa e bióloga Ju Panissa, que está aqui com a gente pra falar um pouquinho sobre o seu trabalho.
Olá Ju!

Ju Panissa: Olá Rodrigo!

Rodrigo Campos: Primeiramente, eu gostaria de agradecer pelo fato de você ter aceitado tão gentilmente o nosso convite para a exposição e eu gostaria de começar a entrevista perguntando o seguinte: Seu blog é um dos pioneiros, senão, o primeiro no país a disponibilizar as descrições das fotografias que ele expõe. Hoje, se não me engano, já são 70 fotos postadas e em nenhuma delas a descrição passou batido. Aliás, descrições estas, que agora ganharam áudio e cuja exposição audiodescrita, você estréia hoje no nosso site. Bom, em que momento você viu a necessidade de realizar este trabalho e como a audiodescrição chegou em sua vida?

Ju Panissa: Bom, primeiramente, muito obrigada a vocês pelo convite desta exposição, deste espaço, eu fiquei muito feliz. O blog tem mesmo este intuito de ser acessível. Por isto eu fiz questão de colocar as audiodescrições. Aliás, a princípio, era um blog comum, com a intenção de expor um pouquinho do meu olhar fotográfico. Depois que eu comecei a reparar na necessidade da descrição da imagem para que pessoas com deficiência pudessem acompanhar também, mesmo por quê, eu tenho amigos com deficiência visual e que já acompanhavam as minhas fotografias e eu queria que pudessem também acompanhar pelo blog. Foi desse jeito que a audiodescrição apareceu na minha vida. Justamente por esta necessidade de querer demonstrar esse meu amor pela imagem.

Rodrigo Campos: A temática principal de suas fotografias, em geral, é a natureza. A propósito, eu não posso deixar de registrar aqui a minha admiração pelo seu trabalho fotográfico. São fotos realmente lindas e a gente percebe o tratamento fino que você dá as fotos. Voltando a falar da temática natureza, você demonstra uma habilidade, uma facilidade muito grande de descrever esses elementos. Toda essa facilidade é fruto apenas do seu trabalho como bióloga ou foi necessário buscar técnicas de descrição para desenvolver os roteiros das descrições?

Ju Panissa: Engraçado você dizer “de toda essa facilidade” porque esse é realmente o meu primeiro contato com esse mundo da audiodescrição e meu interesse é este sim, principalmente com foco na natureza. Não posso negar que como bióloga, eu busco palavras, descrições o mais próximo possível da realidade. Mas eu procurei também técnicas e outras formas de apresentar estas imagens. Eu fiz pesquisa sobre como as pessoas costumavam fazer isso, descrevendo fotografias e conto também com ajuda de pessoas que entendem muito mais de audiodescrição. Eu procurei sites, blogs, mas eu realmente percebi que não tinha nada ainda especificamente voltado para a audiodescrição em fotografia e aí eu fui desenvolvendo essa maneira de passar para as pessoas o sentimento que aquela foto quer expressar.

Rodrigo Campos: O que é mais trabalhoso, esse trabalho de pesquisa para se encontrar as palavras corretas, os nomes específicos de cada um dos elementos que você fotografa ou descrever a poesia que está por detrás da beleza das fotografias?

Ju Panissa: A maior dificuldade, sem dúvida, é encaixar esses nomes, essas referências científicas na descrição da imagem porque minha intenção é que sempre a poesia da imagem transpareça, que seja o foco principal. Então é meio complicado fazer, às vezes, coisas que são muito técnicas entrar nesse clima poético da imagem.

Rodrigo Campos: Bom, ninguém descreve 70 fotografias sem ter motivação. Ao longo desse tempo que o blog está no ar, qual o retorno você tem recebido do público deficiente visual? Algum desses depoimentos te marcou?

Ju Panissa: Não faz muito tempo que o blog está disponível, mas eu tenho recebido sim uns comentários e elogios, não só do público com deficiência visual, mas também de outros blogs e pessoas que se sensibilizam com esse tema. Um comentário que me chamou muita atenção e que eu sempre destaco e não posso deixar de destacar como incentivo para que eu continue sempre buscando maneiras mais corretas e tocantes para as descrições… num trechinho a pessoa coloca assim: “Obrigada por nos fazer enxergar por meio de palavras”. É esse tipo de comentário que faz valer a pena manter o blog no ar.

Rodrigo Campos: Como eu sei que você é fã do Pequeno Príncipe e você mesma declarou em seu perfil no blog que é uma pessoa eternamente responsável pelo que cativa,e olha… pode ter certeza que você cativou muitos deficientes visuais com o seu trabalho… eu tenho certeza que esta será apenas a primeira de muitas exposições que teremos a honra de receber aqui no nosso site. Muito obrigado pela entrevista, parabéns mais uma vez pelo belíssimo trabalho e que seu caminho seja sempre de luz.

Ju Panissa: Nossa, muito obrigada mais uma vez a vocês pelo espaço tão acolhedor que vocês oferecem e para tantos outros que eu também tenho acompanhado aqui pelo site. Esse também é um incentivo para todos nós que lutamos nessa causa tão justa que é a inclusão. Muito obrigada.

Veja e ouça as descrições das fotos de Ju Panissa no site da MIDIACE – Associação Mídia Acessível.

Mais sobre audiodescrição
Permitir que deficientes visuais fotografem e depois "vejam" o resultado do trabalho é a proposta
Fotografias que ficaram guardadas por anos e objetos pessoais do fotógrafo amador Alberto de Sampaio
Além da Pele: A Beleza da Alma e da Família é uma exposição composta por


Mais sobre audiodescrição
Permitir que deficientes visuais fotografem e depois "vejam" o resultado do trabalho é a proposta
Fotografias que ficaram guardadas por anos e objetos pessoais do fotógrafo amador Alberto de Sampaio
Além da Pele: A Beleza da Alma e da Família é uma exposição composta por