ONCB realizará evento em Itapetininga (SP)

Fundada em 27 de julho de 2008 a partir do processo de unificação das instituições nacionais representativas de pessoas com deficiência visual, a Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB) é uma instituição não-governamental e sem fins lucrativos.

Tendo por principais atribuições a defesa dos direitos das pessoas com deficiência visual (cegas e com baixa visão) e das organizações de e para cegos legalmente constituídas, a ONCB tem como um de seus objetivos fomentar e participar da construção de políticas públicas em favor desses, observando o pleno cumprimento da legislação vigente em nosso país, de modo a assegurar as conquistas e a concretização dos seus direitos. Para tanto, atua em âmbito nacional e internacional, buscando, debatendo e apresentando meios de tornar a inclusão, acessibilidade e respeito à diversidade humana uma constante na educação, cultura, esporte, trabalho e lazer.

Fundado em 2 de Abril de 2003, o CEPREVI (Centro de Pesquisa e Reabilitação Visual de Itapetininga), é uma associação da Sociedade Civil sem fins lucrativos atuante no atendimento de pessoas cegas e com baixa visão.

Com a missão de desenvolver e manter programas de habilitação e reabilitação, através de um modelo de acolhimento ecológico e participativo, promove a qualidade de vida e a cidadania plena da pessoa com deficiência visual.

Com apoio do Banco Bradesco, Unimed Itapetininga e prefeitura de Itapetininga, fora realizado nos dias 27, 28 e 29 de Novembro de 2009 o I Encontro de Entidades de PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL do Estado de São Paulo, que reuniu 16 instituições de e para cegos de todo o estado e 90 pessoas ligadas a temas relacionados à pessoa com deficiência. Como resultado das atividades na oportunidade realizadas, no pós evento, ações locais e regionais foram postas em prática pelos participantes e instituições as quais representam, fato este que contribuíra para com o processo de inclusão e acessibilidade da pessoa cega e com baixa visão do estado de São Paulo.

Em 2011, é chegado o momento de avançarmos nos levantamentos das necessidades atuais, realização de debates e elaboração de propostas, a fim de que tenhamos uma sociedade mais atenta no que concerne à inclusão e acessibilidade da pessoa com deficiência nas mais diversas esferas sociais.

Nesse sentido, nos dias 23, 24 e 25 de junho de 2011, a Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB) por meio de sua delegação do estado de São Paulo, em parceria com o Centro de Pesquisa e Reabilitação Visual de Itapetininga (CEPREVI), realizará neste município, o evento:
INCLUSÃO E ACESSIBILIDADE, UM DIREITO DE TODOS, E O II ENCONTRO DE ENTIDADES DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO.

Com o objetivo de chamar a atenção de distintos setores da sociedade para os temas de inclusão, acessibilidade à educação, cultura, esporte, saúde e trabalho, o evento ratificará o respeito à diversidade humana e a necessidade de instrumentalizar pessoas, associações e de fortalecer o movimento associativista concernente à pessoa com deficiência visual. Para tanto, promoverá uma discussão ampla e democrática, a fim de construir planejamentos de ações no sentido de corroborar para uma sociedade mais atenta e justa.

Dentre os vários palestrantes e painelistas, o evento pretende reunir: 1 representante do Conselho Nacional da Pessoa com Deficiência, Conselho Nacional da Saúde, Conselho Nacional da Assistência social, 1 do Ministério dos Esportes, para além de técnicos, especialistas e pessoas de notório saber, contando ainda com o apoio logístico de renomadas associações de e para cegos com expertise nacional e internacional que apresentarão seus produtos e serviços sociais, tais quais recursos adaptados, projetos culturais etc.

Com capacidade para receber confortavelmente 100 participantes acomodados emcadeiras e mesas de trabalho em local com ar condicionado e carregador para laptop, o evento será realizado nas dependências Da Universidade Aberta do Brasil, – Chopin Tavares de Lima

Av. Cyro de Albuquerque nº 4.750 – Bairro Taboãozinho

Itapetininga – São Paulo – SP, que conta ainda com sanitários masculinos e femininos, água potável, salas de apoio e estrutura compatível para receber pessoas com deficiência visual.

A organização do evento se responsabilizará pelo custeio das inscrições, pasta do evento, hospedagem, 1 almoço, 2 jantares, 3 Coffee Break e pelo traslado hotel/local do evento e vice-versa dos 60 primeiros inscritos, que necessariamente sejam pessoas com deficiência visual, representantes de associações de e para cegos do estado de São Paulo, para além da inscrição, pasta do evento e Coffebreack de outras 40 pessoas pré-inscritas interessadas no tema, totalizando 100 participantes.

Com o objetivo de conscientizar crianças, adolescentes e adultos da sociedade local acerca da potencialidade da pessoa cega ou com baixa visão, serão realizadas ações complementares direcionadas a estudantes, professores, e pessoas interessadas no tema da inclusão, acessibilidade e respeito a diversidade humana.

Dentre as ações, os participantes contarão com uma dinâmica com um cão-guia, palestra de acessibilidade e respeito à diferença, exposição de tecnologias utilizadas por pessoas cegas e com baixa visão, ensaio de escrita Braille e exibição de um filme com audiodescrição (narrativa sonora de cenas visuais).

Tais atividades fazem parte do pré-evento e ocorrerão no dia 22/06/2011 entre as 13:00 e 17:00, também nas dependências da Universidade Aberta do Brasil – Shopping Tavares de Lima, av. Cyro de Albuquerque no. 4.750 – bairro Tabuãzinho.

Além de contemplar o acesso para os 100 participantes presenciais, parte do evento, será transmitido pela internet, através da página oficial da Organização Nacional de cegos do Brasil, (WWW.oncb.org.br) assim possibilitando que as atividades realizadas, bem como os temas tratados, alcance um maior número de pessoas de distintos lugares do Brasil e do mundo.

Hotel, restaurante e demais prestadores contratados, sejam pessoas físicas e ou jurídicas, em plena consonância com a legislação federal, estadual e municipal, deverão atender quesitos de acessibilidade, tais como receptivo adequado com pessoal capacitado, cardápios e apontamentos em Braille e ampliado e espaço físico adequado / acessível a fim de garantir plena mobilidade e interação dos participantes cegos ou com baixa visão.

Beto Pereira – Consultor em Acessibilidade e Inclusão, Diretor de Comunicação do CEPREVI e Delegado Estadual da ONCB

E-mail: Beto@betopereira.com.br

Karolline Fernandes Sales – Analista de Tecnologia Assistiva e Acessibilidade e Acessora de Comunicação da ONCB

Telefone: (11) 8148-2461

E-mail: karolline.sales@avape.org.br

Wesley Gamaliel – Diretor do CEPREVI

Telefone: (15) 8122-7370

E-mail: ceprevi@terra.com.br

Agoardem informações complementares no site da ONCB:

WWW.oncb.org.br

Itapetininga, 08/04/2011

Comissão organizadora

Fonte: Blog de Beto Pereira

Mais sobre audiodescrição
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na
O 3° Encontro (Inter)nacional de Audiodescrição acontece de 26 a 29 de abril de 2017
O Centro de Pesquisa e Formação do SESC-SP promove no dia 24/04/16 a Oficina Fundamentos


Mais sobre audiodescrição
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na
O 3° Encontro (Inter)nacional de Audiodescrição acontece de 26 a 29 de abril de 2017
O Centro de Pesquisa e Formação do SESC-SP promove no dia 24/04/16 a Oficina Fundamentos