Internet: um passo na inclusão cultural

Quem aí tem familiar, amigo ou algum conhecido deficiente sabe das dificuldades que essas pessoas enfrentam diariamente. Não só as barreiras físicas, mas também as culturais, limitam bastante o acesso desses indivíduos a certos recursos que, por não serem adaptados, tornam-se totalmente inviáveis. Agora, a internet prova mais uma vez sua capacidade de Inclusão.

No site Livro Falado, os deficientes visuais contam com dezenas de Obras, Clássicos da literatura nacional, todos dublados. Basta fazer um cadastro bastante simples e depois escolher a obra a ser lida clicando em Acervo.

O site conta também com as opções Aumentar/diminuir texto e Contraste. Tudo para facilitar a navegação do Deficiente.

Uma outra iniciativa de caráter inclusivo que vem crescendo cada vez mais é a do BlindTube, o primeiro portal de Entretenimento com Acessibilidade. Nele, é possível que o Deficiente, tanto visual quanto auditivo, assista a curtas-metragens através de Audiodescrição.

Esse recurso descreve oralmente, nos mínimos detalhes, as cenas de um filme em que não há falas de personagens. Assim, o deficiente visual consegue enxergar mentalmente todos os detalhes e entender melhor o contexto da história.

No caso de deficiente auditivo, o filme é todo legendado e permite que a pessoa leia e compreenda o contexto.

Divulgue você também essas novas opções de Inclusão e abra novas Possibilidades culturais.

Fonte: PALAVROEIROS.WORDPRESS.COM

Mais sobre audiodescrição
A Constituição Brasileira de 1988, nos artigos referentes aos direitos das pessoas com deficiência, proíbe
Sob a coordenação da Secretaria de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial,
A 21ª Semana da Pessoa com Deficiência do Estado do Rio Grande do Sul abordou


Mais sobre audiodescrição
A Constituição Brasileira de 1988, nos artigos referentes aos direitos das pessoas com deficiência, proíbe
Sob a coordenação da Secretaria de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial,
A 21ª Semana da Pessoa com Deficiência do Estado do Rio Grande do Sul abordou