Museu do Futebol revela o universo dos deficientes visuais

Exposição "Olhar com Outro Olhar" ficará em cartaz por três meses. Obras audiovisuais e táteis guiam o visitante com ou sem deficiência

A nova exposição temporária do Museu do Futebol, no Pacaembu, na Zona Oeste de São Paulo, apresenta reproduções em braille, relevo, alto-contraste, além de maquetes táteis e obras com audiodescrição. O conteúdo leva o visitante ao universo dos deficientes visuais e a explorar novas formas de ver, ouvir e sentir. A exposição "Olhar com Outro Olhar" foi aberta ao público neste sábado (18).

Uma fotografia de um jogo de futebol é apresentada por meio de cinco recursos sensoriais. O visitante utiliza mãos e ouvidos para entender o conteúdo e o significado da imagem. No chão, um piso tátil conduz os passos dos visitantes e um audioguia também sinaliza o trajeto.

"A exposição é feita para aqueles que enxergam ou não. Todos vão ganhar uma venda para colocar nos olhos e para poderem perceber como é que todos nós, videntes e não videntes, somos normais, como todos podemos ver o mundo com tantas paixões distintas", declara Leonel Kaz, curador da exposição.

Os visitantes podem jogar futebol também. Em uma caixa preta, o público integra um time de futebol de uma modalidade exclusiva para cegos e pessoas com baixa visão. Para reproduzir exatamente a partida, o visitante é orientado por pontos de emissão de áudio distribuídos ao longo do cubo e ao final pode assisti-la. "Com a audição, o tato e o olfato e outras formas de percepção, você constrói um jogo tão emocionante como um jogo no Pacaembu", diz Kaz.

Ao longo dos três meses de duração da mostra, o Museu do Futebol prepara um calendário de atividades culturais, como oficinas de sensibilização, palestras e debates sobre acessibilidade e inclusão.

Ative o vídeo no plug-in, ou assista clicando neste link acessível para usuários de leitores de telas.

Exposição "Olhar com Outro Olhar"

Museu do Futebol – Praça Charles Miller, s/n

Horário: das 9h às 18h

Tel.: (11) 3664-3848

Ingressos: R$ 6 (inteira) /R$ 3 (meia-entrada)

Nota do Blog:

Os noticiários não divulgaram, mas nós fazemos questão de dizer para nossos leitores: o roteiro e locução da audiodescrição desta exposição foram elaborados em uma parceria da Ver Com Palavras e Iguale – Comunicação de Acessibilidade.

Fonte: Portal G1



Mais sobre audiodescrição