Congresso realizará seminário para avaliar os primeiros dias da audiodescrição no Brasil

Seminário Avaliação dos Primeiros 45 Dias de Áudio-descrição nas Televisões Brasileiras
Direito à Informação e à Comunicação da Pessoa Com Deficiência
EM PARCERIA, DEPUTADA LUÍZA ERUNDINA, SENADOR LINDBERG FARIAS E DEPUTADA ROSINHA DA ADEFAL PROMOVEM EVENTO PARA DISCUTIR OS PRIMEIROS 45 DIAS DE SERVIÇOS DE AUDIODESCRIÇÃO NAS TELEVISÕES BRASILEIRAS Numa parceria entre a Subcomissão Permanente de Assuntos Sociais da Pessoa com Deficiência do Senado Federal (Casdef), presidida pelo senador Lindberg Farias; a Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação com Participação Popular da Câmara dos Deputados (Frentecom), presidida pela Deputada Luíza Erundina; Frente Parlamentar do Congresso Nacional em Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (FrentePcD), presidida pela Deputada Rosinha da Adefal, o Congresso Nacional vai discutir a Acessibilidade nas Comunicações, num “Seminário de Avaliação dos Primeiros 45 dias de Audiodescrição nas televisões brasileiras”, que será realizado no Auditório Nereu Ramos, da Câmara dos Deputados, no dia 18 de agosto, das 14h às 18h. Tendo como tema central o direito à informação e à comunicação, o seminário abordará questões de interesse das pessoas com deficiência e dos profissionais que hoje se dedicam à realização e a formação dos profissionais áudio-descritores. No Brasil, segundo o IBGE, há cerca de 16,5 milhões de pessoas com deficiência visual total ou parcial. E TODOS tem direito à comunicação e à informação, nos termos postos na Constituição da República Federativa do Brasil e na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Em discussão, no evento, temas como o cumprimento da Portaria nº 188, do Minicom; a Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental nº 160/2008 (ação que tramita perante o Supremo Tribunal Federal e que busca o cumprimento deste recurso nas TVs brasileiras) e as perspectivas para a profissão de áudio-descritor.

Fonte: Gabinete da Deputada Rosinha da ADEFAL

Mais sobre audiodescrição
A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CPD) da Câmara Federal, aprovou,
Nem todos os cidadãos conseguem ter acesso ao conteúdo que passa na televisão da mesma
Em audiência na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos


Mais sobre audiodescrição
A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CPD) da Câmara Federal, aprovou,
Nem todos os cidadãos conseguem ter acesso ao conteúdo que passa na televisão da mesma
Em audiência na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos