Senador Paulo Paim comemora inclusão da audiodescrição nas TVs abertas

A assinatura de portaria do Ministério das Comunicações regulamentando a inclusão da audiodescrição nas televisões abertas foi motivo de comemoração pelo senador Paulo Paim (PT-RS). A medida, explicou Paim, irá beneficiar cerca de 2,6 milhões de pessoas com deficiência visual.

Senador Paulo Paim discursando na tribuna do senado

– A audiodescrição coloca a pessoa dentro do filme – disse Paim, citando frase de seu assessor Luciano Ambrósio, que é deficiente visual.

Paim fez um breve relato sobre a audiodescrição, introduzida nos Estados Unidos em 1975, em trabalho de pós-graduação na Universidade do Arizona. Em seguida, disse o senador, a prática foi popularizada no festival de cinema, em Cannes, na França, em 1989, e nos anos 90, introduzida na Europa e na Itália. Desde então, a técnica passou a ser utilizada em programações culturais, como DVDs, cinemas, teatros e museus.

Fonte: Agência Senado



Mais sobre audiodescrição