Senador Paulo Paim comemora inclusão da audiodescrição nas TVs abertas

A assinatura de portaria do Ministério das Comunicações regulamentando a inclusão da audiodescrição nas televisões abertas foi motivo de comemoração pelo senador Paulo Paim (PT-RS). A medida, explicou Paim, irá beneficiar cerca de 2,6 milhões de pessoas com deficiência visual.

Senador Paulo Paim discursando na tribuna do senado

– A audiodescrição coloca a pessoa dentro do filme – disse Paim, citando frase de seu assessor Luciano Ambrósio, que é deficiente visual.

Paim fez um breve relato sobre a audiodescrição, introduzida nos Estados Unidos em 1975, em trabalho de pós-graduação na Universidade do Arizona. Em seguida, disse o senador, a prática foi popularizada no festival de cinema, em Cannes, na França, em 1989, e nos anos 90, introduzida na Europa e na Itália. Desde então, a técnica passou a ser utilizada em programações culturais, como DVDs, cinemas, teatros e museus.

Fonte: Agência Senado

Mais sobre audiodescrição
A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CPD) da Câmara Federal, aprovou,
Nem todos os cidadãos conseguem ter acesso ao conteúdo que passa na televisão da mesma
Em audiência na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos


Mais sobre audiodescrição
A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CPD) da Câmara Federal, aprovou,
Nem todos os cidadãos conseguem ter acesso ao conteúdo que passa na televisão da mesma
Em audiência na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos