11ª Semana Estadual da Pessoa com Deficiência de Pernambuco

Tribo de Jah, Arlindo dos 8 Baixos e Banda Segnos são as principais atrações da XI Semana Estadual da Pessoa com Deficiência (SEPCD), cujo tema deste ano é Cultura: Um direito de todos. A programação, que acontece de 21 a 28 de agosto nos municípios de Recife, Caruaru, Salgueiro e Petrolina, traz também exibição de filmes com audiodescrição para expectadores cegos e com baixa visão, oficinas artísticas, sambadas de rua, feiras de artesanato, caminhadas, panfletagens e debates.

Além de ser produzida por pessoas com deficiência, as atividades da XI SEPCD serão realizadas também por artistas com deficiência, a exemplo de Arlindo dos 8 Baixos e mais quatro integrantes do grupo Tribo de Jah que são cegos e um quinto com baixa visão. Além da Banda Segnos que é composta por seis músicos cegos.

O objetivo do evento promovido pela Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência(SEAD), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social de Direitos Humanos de Pernambuco(SEDSDH), é contribuir para a inclusão social da pessoa com deficiência através de atividades artísticas e culturais. "A arte e o lazer são fundamentais à saúde e à socialização de qualquer cidadão e, as pessoas com deficiência, por suas especificidades, carecem de mais oportunidades para desfrutar a vida", afirma o superintendente da SEAD, João Rocha.

A abertura será em Caruaru, no dia 21, a partir das 14h, na Praça Marco Zero, com a presença de artistas locais, autoridades, lideranças do segmento e população em geral. O cantor Arlindo dos 8 Baixos é a grande atração do evento. Ele que tem deficiência visual é considerado um patrimônio cultural vivo da cultura pernambucana. Já no dia 23, às 19h, no Recife, acontece a exposição Acessibilidade Mamam (Museu de Arte Moderna Aluísio Magalhães) que apresenta ao público atividades desenvolvidas no intuito de promover o acesso ao museu de pessoas com deficiência visual e auditiva, na perspectiva de um movimento de inserção ao convívio com obras de arte, integrando-as ao público apreciador em geral.

Na cidade de Petrolina, as atividades da XI SEPCD acontecem no dia 24, a partir das 14h, na Praça Dom Malan. A programação conta com show da Banda Segnos, apresentação de grupos culturais locais e feirinha de artesanato.

No dia seguinte (25), a Banda Segnos se apresenta na cidade de Salgueiro juntamente com os grupos culturais locais, além da instalação de feira de artesanato. A agenda acontece no Clube Talismã, a partir das 14h.

A programação prossegue com uma Caminhada em Prol da Inclusão da Pessoa com Deficiência, promovida pela entidade Centro de Reabilitação e Valorização da Criança (CERVAC). A saída está marcada para as 8h , do dia 26, da Praça do Morro da Conceição, no bairro de Casa Amarela, Recife. Às 10h, acontecerá o debate "Cultura Para Todos", na Livraria Cultura, na Rua Madre Deus, Recife Antigo com abertura do Grupo de Hip-Hop do Programa Pró-Jovem e encerramento com o Grupo de Maracatu da APABB (Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Deficiência de Funcionários do Banco do Brasil). Na mesma data, na cidade de Goiana acontece às 8h a palestra Inclusão da Pessoa com Deficiência, no Cineteatro Polytheama, no Centro. Já às 14, no município de Condado está marcada a palestra "Inclusão da Pessoa com Deficiência e Cultura", no Centro Catequético, situado na Praça João Cristóvão.

Para o dia 27, a XI SEPCD vai oferecer ao público um "Momento Interativo" com dança, gincana, capoeira e feira artesanal, a partir das 8h, em frente a Igrejinha de Piedade, na avenida Beira Mar, cidade de Jaboatão dos Guararapes. A agenda continua com quatro sessões de cinema acessíveis com audiodescrição e legenda, além de debates sobre os conteúdos apresentados nas obras. Os títulos são Café Aurora, AnimaLibras, Casa dos Estranhos e Recife Frio que serão exibidos no dia 27, das 14h às 16h, no Cinema São Luiz, no Recife. Os roteiros são variados, mas a maioria busca destacar a relação entre a pessoa com deficiência e sua interação com a sociedade. Na tarde, do mesmo dia, acontecerá a Sambada da Inclusão, com apresentações culturais e debates sobre o tema, na Praça do Carmo, em Olinda.

No domingo(28), a programação será encerrada com o show da Tribo de Jah, no Parque Dona Lindu, na Avenida, a partir das 14h. Na ocasião haverá feira de artesanato e apresentações culturais promovidas por entidades e pessoas com deficiência. A estimativa de público é de 12 mil participantes.

Mais informações:

Micheline Américo

Assessora de Comunicação e Imprensa da SEAD

Fones: (81)9440.9985-31833212

Marina Duarte

Jornalista

Fones: (81) 3183.3212

Fonte: Governo do Estado de Pernambuco

Mais sobre audiodescrição
Com o objetivo de acompanhar a implementação e validar as tecnologias de provimento dos recursos
A poucos dias dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, quando o Brasil espera receber
O Conselho Diretor da Anatel aprovou hoje um Regulamento Geral de Acessibilidade em Serviços de


Mais sobre audiodescrição
Com o objetivo de acompanhar a implementação e validar as tecnologias de provimento dos recursos
A poucos dias dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, quando o Brasil espera receber
O Conselho Diretor da Anatel aprovou hoje um Regulamento Geral de Acessibilidade em Serviços de