Câmara e Senado vão discutir os primeiros 45 dias da audiodescrição na TV

O Senador Lindbergh Farias, Presidente da Subcomissão Permanente de Assuntos sociais da Pessoa com deficiência do Senado Federal (Casdef), a Deputada Federal Luiza Erundina, Coordenadora da Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação com Participação Popular (Frentecom) e a Deputada Federal Rosinha da Adefal, Presidenta da Frente Parlamentar do Congresso Nacional de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (FrentePcD), convidam para o Seminário "Avaliação dos primeiros 45 dias de Audiodescrição nas televisões brasileiras – pela garantia do direito à comunicação e à informação da pessoa com deficiência", a ser realizado no dia 18 de agosto de 2011 (quinta-feira), das 14 às 18 horas, no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, na Praça dos Três Poderes – Brasilia/DF.

O seminário também contará com este recurso de acessibilidade durante toda a sua realização, além de serviço de transcrição em tempo real e interpretação de Libras.

O que é audiodescrição?

Durante um filme ou espetáculo, as pessoas com deficiência visual não conseguem captar todos os detalhes das cenas, como cenários, cores, gestos, expressões faciais etc. Para minorar essa dificuldade, foi criado o recurso da Audiodescrição, que busca transformar em palavras aquilo que os olhos não podem ver.

Nos meios audiovisuais, essa descrição ocorre nas pausas entre diálogos das personagens ou nos intervalos das narrações.

Na Internet, o recurso é usado para descrever fotografias e outras imagens que serão reconhecidas pelos "leitores de tela", programas usados por pessoas com deficiência para transformar em informações faladas as imagens e palavras escritas.

Banner do seminário

Descrição do banner: o banner é retangular, na cor rosa, na parte superior, que vai se mesclando até se tornar azul, na parte inferior. Contém todas as informações digitadas neste email. E em seu quadrante superior direito, possui retângulo menor, na cor branca, com várias palavras soltas, referente ao direito à comunicação e à informação, em tom cinza, como marca d’água, compondo o desenho. Em sua parte superior tem o nome do seminário, escrito em tons de azul, e na parte inferior, o local e a data, também em azul, seguidos das logos dos parceiros do evento (FrentePcD, FrenteCom, Casdef e CDHM). No seu centro, o desenho de uma TV em estilo retrô, com antenas e pés de madeira, que lembra um pouco os desenhos de Carlos Zéfiro. Na tela da TV, o mesmo padrão de frases sobre comunicação e informação, escritos em tom mais escuro (grafite). Da tela da TV sai um balão, desses de diálogo de revistas em quadrinho. No centro do balão, o busto de um repórter, de terno preto, camisa branca e gravata azul. Seus cabelos são pretos e de sua orelha pende um microfone, no estilo do imortalizado pela cantora Madona. Seu rosto não tem feições.

PROGRAMAÇÃO

14h – Abertura
1. Deputada Luíza Erundina, Presidenta da FrenteCom;
2. Senador Lindbergh Farias, Presidente da Casdef;
3. Deputada Rosinha da Adefal, Presidenta da FrentePcD;
4. Presidente do Conade/Organização Nacional dos Cegos do Brasil (ONCB), Moisés Bauer;
5. Representante da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da PcD, Ana Paula Crosara de Resende;
6. Gestora do Programa de Acessibilidade da Câmara dos Deputados, Adriana Jannuzzi;
7. Gestora do Programa Senado Acessível;
8. Representante da TV Câmara, Alessandra Anselmo, Chefe do Núcleo de Conteúdo;
9. Representante da TV Senado.

14h45min – apresentação de Painel – o que pensa a sociedade civil
Rosângela Gera (ES)

15h – 1ª Mesa: História da áudio-descrição no Brasil e no mundo. Como funciona o serviço de áudio-descrição. Qual a sua previsão legal, constitucional e na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.
Moderador da Mesa: Senador Lindbergh Farias
Palestrantes:
Paulo Romeu (SP)
Graciela Pozzobon (RJ)
Debatedor: Moisés Bauer – Presidente do Conselho Nacional dos Direitos da PcD (Conade) e Presidente da ONCB

15h50min – 2ª Mesa: a profissão de áudio-descritor: quem são e onde estão os áudio-descritores. Requisitos para a profissão. Necessidade de regulamentação e de certificação.
Moderadora da Mesa: Deputada Luíza Erundina
Palestrantes:
Francisco Lima (PE)
Letícia Schwartz (RS)
Debatedora:
Loni Elisete Manica (DF) – Representante do Programa Senai de Ações Inclusivas

16h40min – 3ª Mesa: os primeiros 45 dias de áudio-descrição nas televisões brasileiras – dificuldades para a implementação, caminhos e perspectivas.
Moderadora da Mesa: Deputada Rosinha da Adefal
Palestrantes:
Representante do Ministério das Comunicações
Representante da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) – Rodrigo Machado Moura
Representante do Ministério Público Federal, órgão que atua na ADPF 160/2008 – Ana Lúcia de Andrade Hartmann

17h30min – perguntas e pronunciamentos da plenária

18h – encerramento.

Fonte: Agência Câmara e Agência Senado

Mais sobre audiodescrição
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na
O 3° Encontro (Inter)nacional de Audiodescrição acontece de 26 a 29 de abril de 2017


Mais sobre audiodescrição
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na
O 3° Encontro (Inter)nacional de Audiodescrição acontece de 26 a 29 de abril de 2017