ALERJ lança versão acessível de seu jornal

A partir desta edição do JORNAL DA ALERJ (JORNAL DA ALERJ 237), a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) disponibilizará, a cada quinzena, a audiodescrição da publicação, para favorecer a leitura de pessoas com deficiência visual.

Jornal da Alerj

O link para acessar o serviço será enviado para instituições de apoio aos cegos e para aqueles que queiram se cadastrar para o recebimento. Uma iniciativa da Diretoria Geral de Comunicação Social e Cultura, a audiodescrição visa a tornar a Alerj uma Casa Legislativa cada vez mais inclusiva e acessível.

"Essa é uma iniciativa que muito me orgulha, pois as leis que aprovamos no plenário são discutidas para o favorecimento de todos os cidadãos fluminenses. Por conta disso, facilitar o acesso de pessoas com deficiência visual ao conteúdo do nosso jornal faz parte da nossa obrigação", declara o presidente da Alerj, deputado Paulo Melo (PMDB).

Além da audiodescrição, o Parlamento também está disponibilizando arquivos em txt com a íntegra dos textos contidos no JORNAL DA ALERJ.

Fonte: Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro

Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série


Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série