Bienal do Livro de Pernambuco terá livros acessíveis e audiodescrição de filmes

Bienal do Livro : "Por uma leitura acessível do mundo"

O Governo do Estado disponibiliza espaço cultura para pessoas com deficiência.

Pela primeira vez na história de oito anos da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, o evento contará com um espaço dedicado à leitura acessível para pessoas com deficiências auditiva, visual e motora. Com o tema "Leitura e Cidadania", o evento acontece de 23 de setembro a 2 de outubro, das 10h às 22h, no Centro de Convenções, em Olinda.

A iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Governo de Pernambuco(SEDSDH), através da Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência(SEAD), objetiva garantir o acesso à cultura, à literatura e ao lazer, valorizando a pluralidade e singularidade características da Bienal.

A programação do estande acessível inclui exibição de filmes com audiodescrição, produção de cordéis em Braille, tarde de leitura, jogos educativos inclusivos e palestras, além de contação de estórias em Libras, animando os alunos e instruindo os professores.

Para o superintendente da SEAD, João Rocha, a agenda é relevante à promoção da qualidade de vida dessa população. "Essa ação configura-se como uma oportunidade de reflexão sobre a importância da leitura como elemento indispensável à formação, lazer e conseguinte socialização do cidadão com deficiência", analisa.

Mais de 250 stands estarão presentes nesta edição que tem como um dos pilares a sustentabilidade. Todos os expositores estarão munidos do Manual da Sustentabilidade com uma série de recomendações para um evento sustentável e com a Gestão Integrada dos Resíduos Orgânicos (GIRO) que orientará a separação de resíduos desde o momento de descarte até a reciclagem. Oficinas e palestras que abordam temas como economia criativa, compostagem entre outros também farão parte da programação da Bienal. A expectativa é mobilizar aproximadamente 610 mil pessoas.

O Governo de Pernambuco já vem desenvolvendo um conjunto de ações cuja finalidade é promover a inclusão da pessoa com deficiência através da cultura. Tendo em vista isso, no carnaval de 2011 foi instalado o Camarote da Inclusão que beneficiou foliões com deficiência oriundos de todas as regiões do Estado. E, durante o período da páscoa, realizou o evento Paixão Pela Acessibilidade que garantiu aos expectadores cegos e com baixa visão serviços de guia e audiodescrição do espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém. Também a programação da Semana Estadual da Pessoa com Deficiência teve como programação sessões de cinema com audiodescrição, exposições de obras de arte acessíveis, entre outros.

Conforme dados do último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estado tem cerca de 1.400 milhão de pernambucanos com deficiência.

por Micheline Américo

Fonte: Portal do Governo do Estado de Pernambuco

Mais sobre audiodescrição
Com o objetivo de acompanhar a implementação e validar as tecnologias de provimento dos recursos
A poucos dias dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, quando o Brasil espera receber
O Conselho Diretor da Anatel aprovou hoje um Regulamento Geral de Acessibilidade em Serviços de


Mais sobre audiodescrição
Com o objetivo de acompanhar a implementação e validar as tecnologias de provimento dos recursos
A poucos dias dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, quando o Brasil espera receber
O Conselho Diretor da Anatel aprovou hoje um Regulamento Geral de Acessibilidade em Serviços de