TVE será pioneira em exibição de programas acessíveis a pessoas com deficiência

A partir de 2012, a TVE exibirá programas com audiodescrição e líbras. Com isso, será a emissora aberta pioneira no Estado em oferecer o serviço, que está sendo desenvolvido graças a um acordo assinado hoje entre a Fundação Cultural Piratini e a Federação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para PPDs e PPAHs no RS (Faders), órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos.

Além disso, a partir de 18 de outubro, às 17h30, a TVE passa a exibir o programa Faça a Diferença, da TV Assembleia, pioneiro nas TVs Legislativas como promotor da inclusão, contando com acessibilidade audiovisual e produzido, editado e apresentado pela servidora cadeirante Juliana dos Santos.

O Ato de Assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre Faders, TVE, Associação de Cegos do RS (Acergs) e Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos RS (Feneis) foi firmado visando à promoção e desenvolvimento de ações em benefício de pessoas com deficiência, principalmente no campo da articulação e desenvolvimento das políticas públicas de acesso à comunicação (Audiodescrição e Líbras), a fim de garantir o cumprimento das diretrizes preconizadas na Convenção da ONU que trata dos direitos da pessoa com deficiência e na Lei 13.320 de 21 de dezembro de 2009.

Para viabilizar o projeto, o Governo do Estado está formando uma Central de Tradutores, composta por técnicos especializados em linguagem de sinais (líbras), para surdos e deficientes auditivos, e recurso de acessibilidade para cegos e deficientes visuais (audiodescrição). Atualmente a TVE exibe o Jornal Visual, produzido pela TV Brasil, que viabiliza acessibilidade às pessoas com deficiência auditiva. O programa vai ao ar de segunda à sexta, às 7h50min.

De acordo com dados do IBGE de 2000, no Rio Grande do Sul existem 980.051 mil pessoas com deficiência visual (9,62% da população) e 399.155 mil pessoas com deficiência auditiva (3,92% da população), totalizando 1.379.206 milhões de pessoas com deficiência (13,54% da população).

Texto: Anahy Metz

Edição: Redação Secom (51)

Fonte: Jus Brasil

Mais sobre audiodescrição
Segundo a Enciclopédia de Filosofia de Christoph Lumer, a justiça é um conceito abstrato que
O Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) publicou hoje, 14, no Diário Oficial
O Ver TV traz, toda semana, múltiplos olhares sobre conteúdos apresentados na televisão e também


Mais sobre audiodescrição
Segundo a Enciclopédia de Filosofia de Christoph Lumer, a justiça é um conceito abstrato que
O Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) publicou hoje, 14, no Diário Oficial
O Ver TV traz, toda semana, múltiplos olhares sobre conteúdos apresentados na televisão e também