A acessibilidade na TV Interativa

Muito temos falado sobre audiodescrição, closed caption e janela para interpretação em Libras na TV digital brasileira, sempre apontando que estes são os recursos de acessibilidade necessários para as pessoas com deficiência. Mas há um outro ponto importantíssimo que tem sido negligenciado nessas discussões. Trata-se da acessibilidade nas aplicações interativas.

acessibilidade nas aplicações interativas: Foto de televisão digital. No canto da tela, a exibição de um quadro com uma pergunta para ser respondida de forma interativa pelo espectador

Alguns televisores digitais mais modernos já permitem navegar em páginas da Internet, receber e enviar emails, usar o Skype para fazer conferências com áudio e vídeo, participar das redes sociais e demais aplicações interativas, tudo isso usando apenas o próprio aparelho de televisão como se fosse um computador.

Mas dentro de pouco tempo também será possível executar outras aplicações interativas ou programas com os mais variados objetivos: jogar online, participar de enquetes e pesquisas de opinião, fazer compras com cartão de crédito e tudo mais que se imaginar e for possível realizar de forma semelhante a um computador.

Assim como no computador, se essas aplicações interativas não forem planejadas de modo a serem acessíveis para pessoas com as mais diferentes habilidades e capacidades, estaremos criando mais uma forma de exclusão digital para as pessoas com algum tipo de deficiência.

Felizmente, já temos pesquisadores brasileiros preocupados com a questão, desenvolvendo modelos de como a tão falada interatividade na televisão digital pode se tornar acessível para um número muito maior de pessoas. No entanto, se não houver uma posição firme e decisiva de nossas autoridades, de modo a tornar obrigatória a acessibilidade nas aplicações interativas, assim como já fez com os demais recursos de acessibilidade na televisão digital, estas pesquisas certamente estão fadadas a não serem mais que um conjunto de possibilidades, de boas intenções que não sairão do papel.

RESUMO

Este artigo apresenta uma proposta de autoria hipermídia visando facilitar o desenvolvimento de aplicações interativas para TV digital com acessibilidade por parte de usuários portadores de necessidades especiais, sejam elas auditivas ou visuais. A proposta se baseia na especificação de uma família de aplicações que respeitam as diretrizes definidas pelo padrão ABNT NBR 15.290.

Considerando tais especificações, autores hipermídia podem definir novas aplicações interativas para TV digital com interpretação em LIBRAS, a legenda e a áudio-descrição, ambos sincronizados com as cenas do vídeo principal.

As principais contribuições deste trabalho são a diminuição do esforço de desenvolvimento para tais aplicações com acessibilidade e a expectativa de uma melhor usabilidade ao se adotar interfaces bem definidas e recorrentes.

Faça o download desse artigo completo

Mais sobre audiodescrição
A HBO estreia no próximo dia 21 seu primeiro documentário original produzido no Brasil. Dorina -
O documentário "Boa noite, Solidão" será exibido pela GloboNews neste sábado, dia 16, às 21h05
As TVs por assinatura são obrigadas por lei a transmitir integralmente os canais abertos locais,


Mais sobre audiodescrição
A HBO estreia no próximo dia 21 seu primeiro documentário original produzido no Brasil. Dorina -
O documentário "Boa noite, Solidão" será exibido pela GloboNews neste sábado, dia 16, às 21h05
As TVs por assinatura são obrigadas por lei a transmitir integralmente os canais abertos locais,