Curso de acessibilidade em espaços culturais na Fundação Dorina Nowil

22 e 23 de novembro de 2011 – das 9h às 17h – 2 dias
CARGA HORÁRIA: 14 h


Acessibilidade em Espaços Culturais - cartaz do curso

Objetivo Geral: Capacitar para o desenvolvimento de projetos de inclusão e acessibilidade em espaços culturais, museus, centros de divulgação cultural e científica, organizações sociais, escolas, universidades, agências de turismo.

Conteúdo programático:

  1. Acessibilidade para Pessoas com Deficiência em Projetos Culturais;
  2. Mesa-redonda com público-alvo: Pessoas com Deficiência;
  3. Avaliação de Projetos Culturais Acessíveis;
  4. Apresentação de Boas Práticas;
  5. Formatação de Projetos Culturais Acessíveis.

Público alvo: Colaboradores de museus e espaços culturais, professores e colaboradores de universidades, agências de turismo, produtores culturais, educadores e agentes culturais, ONGs culturais, estudantes de graduação e pós-graduação em áreas de cultura e educação.

Investimento: R$ 280,00 por pessoa
À vista ou parcelamento em 2x : 50% na inscrição e 50% 30 dias

Benefícios: Certificado e apostila exclusiva do curso.

Local: Auditório da Fundação Dorina Nowill para Cegos
Rua Doutor Diogo de Faria, 558 – Vila Clementino – São Paulo – SP

Ministrantes do curso:

Viviane Panelli Sarraf Possui graduação em Licenciatura em Educação Artística pela Fundação Armando Álvares Penteado (2001), Especialização em Museologia pelo Curso de Especialização em Museologia do MAE-USP (2004), mestrado no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade de São Paulo (2008) e está fazendo doutorado no Programa de Comunicação e Semiótica da PUC-SP. Desde 2008 recebeu prêmios e títulos nacionais e internacionais. Tem publicações na área de acessibilidade cultural e ministra cursos em parceria com diversas organizações brasileiras. Organizou em novembro de 2008 o Encontro Regional de Acessibilidade em Museus em parceria com a Fundação Dorina Nowill para Cegos e com o Museu de Arte Moderna de São Paulo, projeto pioneiro no Brasil. Tem experiência na área de Museologia e Cultura, com ênfase em acessibilidade para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Juliane Suemy Rega Licenciatura plena em História pelas Faculdades Integradas Teresa Martin. Especialização em Educação para Deficientes da Audiocomunicação, pela FMU. Curso básico de LIBRAS – FENEIS.Atuou em escola bilíngüe para surdos (SELI), há 5 anos atua na área de museus como educadora, mediando o conteúdo das exposições e foi responsável pela formação em acessibilidade dos funcionários do Museu da Língua Portuguesa.

Vagas limitadas.

Informações: cursos@fundacaodorina.org.br

A Fundação Dorina Nowill para Cegos se reserva o direito de cancelar o curso com até 3 dias de antecedência caso a quantidade mínima de vagas não seja preenchida.

Fonte: RINAM

Mais sobre audiodescrição
A Universidade Estadual do Ceará (UECE) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB) oferecem cursos
O Itaú Cultural promove em dezembro a segunda edição do "Entre Arte e Acesso", evento
Objetivos: o curso de audiodescrição Da Imagem Estática a Palavra Falada tem por objetivo fornecer


Mais sobre audiodescrição
A Universidade Estadual do Ceará (UECE) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB) oferecem cursos
O Itaú Cultural promove em dezembro a segunda edição do "Entre Arte e Acesso", evento
Objetivos: o curso de audiodescrição Da Imagem Estática a Palavra Falada tem por objetivo fornecer