Grupo Tholl faz primeira apresentação com audiodescrição

O público do 5º CBEU – Congresso Brasileiro de Extensão Universitária lotou o Salão de Atos da UFRGS prestigiando, na noite desta terça-feira, dia 08, o espetáculo "Exotique" encenado pelo Grupo Tholl.

Espetáculo Exotique do Grupo Tholl

O Grupo foi recebido com aplausos, risadas e muita emoção. "Exotique" apresenta malabaristas, acrobatas, equilibristas e palhaços, mostrando um figurino brilhante e um show de luzes, imagens e sons. Passando a sensibilidade que é eminente às relações humanas, a atração envolve força e técnica com suavidade e leveza.

Palhaço brinca com participantes na platéia

A Oficina Permanente de Técnicas Circenses (OPTC) foicriada em junho de 1987 em Pelotas (RS), aliando o aprendizado acrobático ao teatro e à dança, e oferecendo à comunidade do município oportunidades de trabalho e de inserção no universo artístico. O diretor do espetáculo é João Bachilli, e a equipe conta com 17 artistas e 10 pessoas na técnica.

Agradecimentos do Grupo ao final do espetáculo

A apresentação, de 70 minutos de duração, contou também com audiodescrição para deficientes visuais. É a primeira vez que este tipo de acessibilidade é oferecida numa apresentação do Grupo.

Fonte: Congresso Brasileiro de Extensão Universitária

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma