Sonhos do Dia: um livro que cabe no todos, de todos

Em seu 13º livro, Sonhos do Dia, Claudia Werneck, conta a história de uma menina que não se conformava em apenas sonhar à noite e que ficava triste porque ao acordar seus sonhos iam embora. A partir daí, ela pede ajuda e é ajudada, mobilizando outras crianças a participarem da mesma aventura: sonhar acordado. Segundo Claudia Werneck, "tudo de bom pode acontecer quando os sonhos do dia de uma criança se encontram com os sonhos do dia de outra…"

Cláudia Werneck

Cláudia Werneck segurando com a mão direita o livro Sonhos do Dia, e mostrando para a câmera, tendo atrás dela uma parede e uma folhagem

Claudia Werneck comenta que Sonhos do Dia é uma obra autobiográfica, pois fala da importância da família e da escola na formação da auto-estima social de uma criança. Segundo Claudia, a defesa de qualquer causa e a luta pela garantia de direitos humanos na vida adulta, o seu caso, depende muito do quanto se é encorajado, desde a infância, a conhecer e a testar os limites do que se apresenta como possível e impossível. Para isso, é preciso que as pessoas adultas, que cercam e educam a criança, confiem nela, nos seus sonhos do dia.

Sonhos do Dia: Cláudia Werneck

Claudia Werneck, no meio de vasos com plantas, e de frente para a câmera, segurando com as duas mãos foto com os astronautas da Apolo 11

Para Cláudia, um fato marcante em sua vida foi quando, em 1969, ao ver pela televisão os astronautas americanos pisando na lua. Decidiu escrever uma carta para eles, falando de sua emoção de saber que estavam lá, no céu. Sua família traduziu a carta e a enviou para a NASA – agência espacial americana. E os astronautas a responderam. Foi a partir daí que Claudia percebeu que os sonhos do dia podem ser viáveis, já que como cidadã do mundo, era simples falar, acessar qualquer pessoa, bastando iniciativa. E apoio familiar.

Acessibilidade – Publicado pela WVA Editora, Sonhos do Dia, 13º livro de Claudia Werneck, estará disponível em diferentes formatos, como a primeira ação da campanha "Todas as pessoas têm direito a todas as histórias", que tem como meta promover mais democratização e acesso à cultura. Sonhos do Dia está publicado em tinta; braile, versão destinada a crianças cegas, para que leiam pelo tato; duas versões de DVD – uma com um filme que tem legenda e Libras, que é a língua de sinais utilizada por crianças surdas brasileiras e outra com desenhos animados e audiodescrição, na qual uma voz descreve o que está acontecendo para as crianças que não enxergam; e em CD, com a história sob forma de livro falado e também adaptada para Daisy, um formato que permite a navegação pelo texto pelo computador por meio de leitores de tela.

Lançamento – Com realização do Ministério da Cultura e da WVA Editora, mais parceria institucional da Escola de Gente, e participação da White Martins – que apóia as ações de diversidade e de inclusão da Escola de Gente – o lançamento de Sonhos do Dia, acontecerá, no próximo dia 4 de dezembro, a partir das 16h, na Livraria da Travessa do Leblon (Av. Afrânio de Melo Franco, 290 – loja 205 A/2º piso, Shopping Leblon – Rio de Janeiro, RJ). O local tem acessibilidade arquitetônica. Haverá intérpretes de Libras.

Claudia Werneck – A autora é carioca e tem 54 anos. Foi chefe de reportagem da revista Pais&Filhos e editora de Pais&Filhos Família. Jornalista formada pela UFRJ, com especialização em Comunicação e Saúde pela Fiocruz, foi a primeira autora brasileira a ter suas obras recomendadas por Unesco e Unicef. Premiada por sua dedicação aos direitos da infância, ela integra, desde 2002, duas redes internacionais de empreendedorismo, a da Fundação Avina e a da Ashoka Empreendedores Sociais, que reúnem pessoas que se destacam pelo impacto social de suas ideias e pela habilidade que têm de fazer alianças para transformar sonhos em realidade.

Descrição da capa do livro: (foto em breve) Sobre fundo amarelo em formato de 15 por 15 centímetros, está reproduzida na parte central mais à esquerda a capa do livro Sonhos do Dia, de Claudia Werneck, onde se vê o rosto de uma menina de pele morena e cabelos castanhos, lisos e curtos com uma franja reta sobre a testa. Usa brinquinhos de coração cor-de-rosa, tem as bochechas coradas e está sorrindo. Uma linha curva divide o desenho em dois: escuro do lado esquerdo e claro do lado direito. Divide também o título do livro, deixando a palavra SONHOS no escuro e as palavras DO DIA no claro. Na metade escura, o olho da menina está fechado. Ao fundo, o céu é azulado, onde a lua parece uma pontinha de unha e pássaros azul turquesa voam perto de uma nuvem. Sobre o topo de uma montanha, um castelo com quatro bandeirolas, uma em cada torre. Um pouco à frente, um ursinho de pelúcia dorme recostado em uma colina. Na metade clara, o olho da menina, castanho e brilhante, está aberto. Ao fundo, as cores são alegres: lilás, violeta e rosa. Um foguete amarelo viaja pertinho de um arco-íris. Abaixo, um baú verde-claro fechado. E bem embaixo, a silhueta pequena de uma garotinha pedalando uma bicicleta.
Acima e à direita do convite, há a imagem de um cartãozinho preso com um clips e a caricatura do rosto da autora sorridente. Ela tem cabelos castanhos, curtos e espetados para cima e as bochechas coradas. Usa brincos com pingentes brancos e óculos de armação vermelha. Em torno do rosto há um círculo verde. O cartão tem letras manuscritas em lilás e azul, onde se lê: Dica da Claudia Werneck – Este livro também pode ser encontrado em braile; em filme com legenda e Libras; em animação com audiodescrição; e falado em CD, que vem junto do livro impresso. Conheça tudo isso no dia 4 de dezembro!
Na ponta esquerda superior, em vermelho, está a logomarca WVA, seguida do texto: Todas as pessoas têm direito a conhecer todas as histórias. www.wvaeditora.com.br. Abaixo, em fundo branco e letras pretas, a logomarca da Livraria da Travessa. Na parte central à direita, se lê o texto em lilás: O Ministério da Cultura, WVA Editora e Livraria da Travessa, White Martins e Escola de Gente – Comunicação em Inclusão convidam para o lançamento de Sonhos do Dia , 13º livro da jornalista e escritora Claudia Werneck. Livraria da Travessa do Shopping Leblon – 4 de dezembro de 2011, domingo, às 16 horas – Av. Afrânio de Mello Franco, 290 – 205/A, Rio de Janeiro. Local com acessibilidade. Telefone: (21) 3138-9600. Mais informações: vendas@wvaeditora.com.br.
Na parte inferior do convite, se veem as logomarcas do patrocinador, parceiro e realizadores, na horizontal: Lei de Incentivo à Cultura – Patrocínio: White Martins Praxair InC. Parceria: Escola de Gente – Comunicação em Inclusão. Realização: WVA e Ministério da Cultura – Governo Federal – Brasil – País rico é país sem pobreza.

Fonte: Escola de Gente

Mais sobre audiodescrição
No livro Audiodescrição na Escola: Abrindo Caminhos para Leitura de Mundo, Lívia nos conduz pelo
O livro Audiodescrição: Práticas e Reflexões nasce do desejo e da necessidade de observarmos o
O cinema, essa máquina de produzir imagens e fomentar a imaginação, é um ambiente que


Mais sobre audiodescrição
No livro Audiodescrição na Escola: Abrindo Caminhos para Leitura de Mundo, Lívia nos conduz pelo
O livro Audiodescrição: Práticas e Reflexões nasce do desejo e da necessidade de observarmos o
O cinema, essa máquina de produzir imagens e fomentar a imaginação, é um ambiente que