TV Câmara iniciará transmissões com audiodescrição em 2012

Câmara promove Dia da Acessibilidade pelo oitavo ano consecutivo. O evento contará com apresentações musicais, exposições e anúncio de projetos para promover o direito de todos à acessibilidade. Em 2012 será inserido audiodescrição na TV Câmara, possibilitando ao cego acompanhar o trabalho parlamentar.

TV Câmara

TV Câmara

O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado nesta terça-feira (6), será marcado por uma extensa programação na Câmara dos Deputados, quando a Casa promoverá, pelo oitavo ano consecutivo, o Dia da Acessibilidade.

O evento, que contará com a presença de deputados e representantes da sociedade civil, inclui uma programação cultural com músicas e exposições, além da apresentação oficial de projetos já desenvolvidos neste ano, e de outros que serão implementados em 2012.

Desde 2004, a Câmara investe em ações de inclusão para garantir o direito à acessibilidade. Em 2011, por exemplo, foram disponibilizados os audiolivros "Regimento Interno da Câmara dos Deputados" e "Política Nacional de Resíduos Sólidos"; a página do Plenarinho, na internet, para pessoas com deficiência visual; e cardápios em braile nas lanchonetes. Algumas obras de engenharia também foram feitas, como a construção de rampa de acesso na garagem do Anexo IV; as adaptações do auditório Freitas Nobre; e as reformas de gabinetes e apartamentos funcionais, entregues, pela primeira vez, a deputados com deficiência. Outras ações que se destacaram foram o desenvolvimento e a instalação, no Plenário da Câmara, de uma urna eletrônica de votação que reconhece os movimentos da cabeça, e de outra adaptada para deputados usuários de cadeiras de rodas.

Rampa no Plenário

A deputada Rosinha da Adefal (PTdoB-AL) elogiou o Programa da Acessibilidade desenvolvido pela Câmara. Ela disse que se surpreendeu quando foi convidada para conhecer a Casa, antes de tomar posse, para avaliar o que já existia e sugerir mudanças para melhorar a acessibilidade. A parlamentar afirma que houve avanços importantes nessa área, mas ainda há o que melhorar. "É preciso, por exemplo, permitir o livre acesso à Mesa, no Plenário. Hoje, se um deputado cadeirante tiver que presidir uma sessão, não será possível. Temos que retirar a plataforma elevatória e construir uma rampa, que ofereça mais autonomia e segurança aos parlamentares cadeirantes", defendeu Rosinha.

O presidente da Câmara, Marco Maia, afirmou que a Casa tem feito todos os esforços para investir na acessibilidade, tanto dos parlamentares, quanto dos funcionários e visitantes. Ele ressalta que a instalação de uma plataforma elevatória no Plenário Ulysses Guimarães para permitir o acesso de deputados cadeirantes à tribuna foi um grande passo, porém é uma solução temporária. "Já existe projeto para, em 2013, termos uma rampa de acesso às tribunas e à Mesa. Dessa maneira, se na próxima legislatura tivermos um cadeirante membro da Mesa, o parlamentar não terá dificuldades para coordenar os trabalhos durante as sessões plenárias", afirmou Maia.

A deputada Rosinha da Adefal ressaltou que no Anexo IV já existem banheiros adaptados em todos os andares. Porém, Rosinha afirmou que a cidadania não vive só de obras. Além de adaptar os espaços, ela diz que é preciso ainda ocorrer uma alteração de consciência. "A mudança é lenta, porque não é só física, mas também cultural. Há, por exemplo, pessoas que ainda estacionam nas vagas destinadas a pessoas com deficiência", lamentou.

Durante o evento, a Câmara vai anunciar vários projetos para 2012. Entre eles, a reforma e adaptação de todos os 16 Plenários das comissões, a construção de rampa e calçada em frente à entrada do Espaço Cultural, na Chapelaria, e a adaptação do Auditório Nereu Ramos. "Para o próximo ano, também destaco a inserção de recursos de audiodescrição na programação da TV Câmara, ou seja, o expectador com deficiência visual poderá acompanhar o trabalho dos parlamentares na Câmara. São avanços que estamos implementando para dar continuidade ao Programa de Acessibilidade, instituído em 2004", disse Marco Maia.

Programação

O evento será às 15h, no Anexo II. Haverá apresentação da Banda e Coral Acorde, com alunos do Centro de Ensino Especial 01 de Taguatinga, e do servidor Edson Batista Junior. Já as exposições de fotografias "Extensão do Olhar" e "A acessibilidade que você vê, feita por gente que você não vê" poderão ser visitadas de 6 a 9 de dezembro, no Espaço do Servidor, Anexo II.

Reportagem: Jaciene Alves, Edição: Marcelo Westphalem

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Mais sobre audiodescrição
Segundo a Enciclopédia de Filosofia de Christoph Lumer, a justiça é um conceito abstrato que
O Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) publicou hoje, 14, no Diário Oficial
O Ver TV traz, toda semana, múltiplos olhares sobre conteúdos apresentados na televisão e também


Mais sobre audiodescrição
Segundo a Enciclopédia de Filosofia de Christoph Lumer, a justiça é um conceito abstrato que
O Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) publicou hoje, 14, no Diário Oficial
O Ver TV traz, toda semana, múltiplos olhares sobre conteúdos apresentados na televisão e também