Carnaval de São Paulo terá Cega como jurada de bateria

A santa-cruzense Giovanna Maira fará parte do primeiro grupo de jurados de bateria compostos por deficientes visuais do Carnaval de São Paulo.

Carnaval de São Paulo: Giovana Maira

A cantora está animada com a nova função. "Eu sempre acompanhei pela televisão, mas essa será a primeira vez que irei participar do desfile dessa forma. Estou super animada!", contou.

Giovanna participou, juntamente com outros quatro deficientes visuais, de um curso de formação ministrado pela União das Escolas de Samba Paulistanas (Uesp) que teve início em agosto de 2011. "Nossa última prova e a formatura aconteceram no dia 15 de janeiro, durante o ensaio técnico da escola de samba Tom Maior", contou Giovanna. "Todos foram aprovados", comemorou.

O curso é resultado de uma parceria entre a Uesp e a São Paulo Turismo e foi inspirado pelo projeto "Carnaval Paulistano: Só Não Vê Quem Não Quer". Essa iniciativa, realizada em 2011, levou deficientes visuais para visitar as escolas Rosas de Ouro, Mocidade Alegre e Camisa Verde e Branco. "Nós fomos ao sambódromo e acompanhamos o desfile através de audiodescrição. Além disso, pudemos tocar as fantasias e alegorias e participamos do desfile das campeãs pela Camisa", disse.

Giovanna explicou que poderá julgar as agremiações que fazem parte dos grupos 1, 2, 3 e 4, além dos blocos especiais, que são responsabilidade da Uesp. "Os grupos de acesso e especial, os mais famosos, são mantidos por outra organização, a Liga. Então, não conheço as escolas de samba que avaliarei. Isso é bom porque serei ainda mais imparcial", afirmou.

A cantora, que atualmente mora em São Paulo, também poderá avaliar outros desfiles no interior do Estado. "É uma pena que não haja carnaval em Santa Cruz".

Fonte: UOL

Mais sobre audiodescrição
Carnavais acessíveis que foram destaque em 2017: para acolher pessoas com deficiência, a estratégia da
Nos quatro dias de desfiles no Sambódromo, pelos grupos de Acesso e Especial, cerca de
Sucesso do carnaval carioca: com mais de 400 mil visualizações em menos de 24 horas,


Mais sobre audiodescrição
Carnavais acessíveis que foram destaque em 2017: para acolher pessoas com deficiência, a estratégia da
Nos quatro dias de desfiles no Sambódromo, pelos grupos de Acesso e Especial, cerca de
Sucesso do carnaval carioca: com mais de 400 mil visualizações em menos de 24 horas,