Mesa Redonda: Tradução Audiovisual – Garanta Você Também Esse Direito

A iniciativa é mais uma ação do projeto Multiacesso, que desde o ano de 2011 vem realizando atividades que promovem a acessibilidade de jovens com deficiência à programação artística, cultural e esportiva do CUCA.

Em 2011, o equipamento recebeu a modelo surda Vanessa Vidal para o lançamento do livro de sua autoria intitulado "A Verdadeira Beleza", juntamente com os alunos do Instituto Cearense de Educação de Surdos – ICES, que contaram com o apoio de intérpretes de LIBRAS da COPEDEF, e os alunos do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS do Mondubim, no mês de junho; a presidente do Instituto Nordeste Cidadania – INEC, Cassia Regina, e Mariana Cavalcante Ferreira, autoras do livro "Mariana, um facho de luz", que conta a trajetória vitoriosa de Mariana, que tem Síndrome de Down, no mês de setembro; e do Prof. Paulo Roberto Cândido, presidente da Academia de Letras e Artes da Sociedade de Assistência aos Cegos – ALASAC, juntamente com os alunos do Instituto Dr. Hélio Góes, que participaram da atividade literária "Afrocontos" em comemoração à Semana Nacional da Consciência Negra, no mês de novembro.

Para o ano de 2012, o CUCA está preparando uma programação acessível para todos os públicos e o primeiro passo será dar conhecimento à sua equipe das modalidades de tradução audiovisual que garantem a acessibilidade audiovisual das pessoas com deficiência auditiva e visual: a legendagem para surdos e ensurdecidos e a audiodescrição, respectivamente.

Para tanto, a mesa redonda que acontecerá logo mais às 15h contará com as falas da Professora Doutora Vera Lúcia Santiago da UECE e da Vice-presidente da ATAV Brasil, Bruna Alves Leão.

Vera Lúcia Santiago

Possui doutorado em Letras pela Universidade de São Paulo (2000), Mestrado em Letras Língua Inglesa pela Universidade Estadual do Ceará (1994) e graduação em Letras pela Universidade Federal do Ceará (1982). Atualmente é professora adjunta da Universidade Estadual do Ceará e pesquisadora nível 2 do CNPq. Tem experiência na área de Lingüística Aplicada, com ênfase em Tradução, atuando principalmente nos seguintes temas: tradução audiovisual, legendação-legendagem, audiodescrição e tradução audiovisual e ensino.

Bruna Alves Leão

Mestranda em Linguística Aplicada com ênfase em Audiodescrição pela Universidade Estadual do Ceará (2012), possui graduação em Letras pela Universidade Estadual do Ceará (2009) e Formação em Artes Cênicas pela Escola Livre de Artes Cênicas do Ceará (2003). Atualmente é Tradutora Audiovisual autônoma e Vice-presidente da Associação dos Tradutores Audiovisuais do Brasil – ATAV Brasil. Tem experiência na área de Letras e Linguística Aplicada, com ênfase em Tradução Audiovisual, atuando principalmente nos seguintes temas: tradução audiovisual, audiodescrição, produção cultural acessível e artes cênicas.

por Clístenes Braga

Fonte: ATAV Brasil

Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na


Mais sobre audiodescrição
Como parte da programação da Semana Inclusiva, o CineSesc oferece oficinas sobre acessibilidade em espaços
A PUC Goiás e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas abriram oficialmente
Na próxima terça-feira, dia 14 de março, às 18h, o site do projeto Diversidade na