Criado Centro de Formação, Produção e Difusão Audiovisual

A manhã desta quarta-feira, 21, foi histórica para o setor audiovisual de Vitória da Conquista. O grande marco do dia foi a assinatura do convênio de cooperação técnica e administrativa para implantação do Centro de Formação, Produção e Difusão Audiovisual no município. O convênio foi assinado pelo Governo Municipal e pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/Uesb durante reunião realizada no Gabinete Civil com o cineasta, escritor, diretor teatral e jornalista, Orlando Senna.

Pioneiro em todo Estado, o Centro de Formação, Produção e Difusão Audiovisual contemplará a cadeia produtiva do cinema nas mais diversas perspectivas. Na terra do célebre cineasta Glauber Rocha, a iniciativa é muito mais do que bem-vinda.

A implantação do Centro em Vitória da Conquista contará com a consultoria de Orlando Senna, um dos cineastas mais renomados do Brasil, cuja relação com a sétima arte é extensa. Orlando Senna já atuou na Escola Internacional de Cinema e Televisão de Santo Antônio de Los Baños, em Cuba, uma das mais cultuadas do mundo. Também já foi secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura e diretor da TV Brasil. Atualmente o cineasta preside a Televisão América Latina/TAL, uma rede de comunicação voltada à produção de conteúdos educativos.

De acordo com Orlando Senna, o principal motivo que o entusiasma a fazer parte do projeto para implantação do centro é a base já existente no município para que se possa fortalecer ainda mais o setor audiovisual. "Essa iniciativa da Prefeitura em conjunto com a Universidade é a abertura de uma possibilidade real de incluir Vitória da Conquista na economia mais moderna do século XXI, que é a economia da comunicação, da cultura e do audiovisual. Tal economia, além de gerar interesse cultural, favorece a inclusão social. É nessa perspectiva que eu acredito que o município está trabalhando para ser referência na Bahia e no Brasil", declarou. O cineasta destacou ainda a referência histórica de Vitória da Conquista por ser terra de Glauber Rocha.

Conforme o reitor da Uesb, Paulo Roberto Pinto, a assinatura do convênio para a implantação do Centro Audiovisual foi um momento histórico para Vitória da Conquista. Segundo ele, o fortalecimento do setor trará vários benefícios para o município. "A cadeia produtiva do audiovisual trabalha não apenas com a questão da cultura e da consolidação das tradições culturais, mas também com a formação e a qualificação das pessoas. Existe um viés enorme que pode atuar na cadeia produtiva, que vai desde a costureira e o marceneiro, por exemplo, até a própria produção cinematográfica", reiterou.

De acordo com o prefeito, Guilherme Menezes, a implantação do centro contará com o envolvimento de toda sociedade. "Nossa intenção é trazer para essa discussão toda população, tanto da zona urbana quanto da zona rural, e mostrar o papel que um Centro de Formação, Produção e Difusão Audiovisual pode trazer para o desenvolvimento econômico, social e cultural de Vitória da Conquista", certificou.

O município vivencia cinema – Com mais de 300 mil habitantes e terceira maior cidade da Bahia, Vitória da Conquista é reconhecida como um dos lugares que mais crescem no Estado e um dos mais importantes, entre as cidades de médio porte, do país. Essa referência deve-se aos avanços nas áreas de economia, educação, saúde, comércio e serviços públicos. O cinema, por sua vez, é um dos pontos que também se destacam pelas peculiaridades e pelos eventos que movimentam a cultura local.

São iniciativas que fomentam e despertam o interesse pelo setor audiovisual, a exemplo da Mostra Cinema Conquista – Um Olhar para o Novo Cinema. O evento acontece com o objetivo de democratizar o acesso da população à produção cinematográfica e possibilitar discussões acerca da sétima arte.

Para contemplar o público entre 4 e 12 anos, a Uesb, em parceria com a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Educação, promove a Mostrinha de Cinema Infantil. O evento acontece com o objetivo de exibir filmes feitos especialmente para crianças.

A oferta de profissionais no mercado de trabalho está sendo fomentada por meio do Curso Cinema e Audiovisual da Uesb. De acordo com a coordenadora, Milene Gusmão, o curso potenciará o processo de implantação do Centro. "Ele traz uma articulação na produção que até então a gente não tinha. O curso de cinema entra com a possibilidade de formação para a produção do audiovisual e é extremamente importante para o fortalecimento do setor", ressaltou.

Com o intuito de possibilitar o acesso de deficientes visuais à arte cinematográfica, Vitória da Conquista promove o projeto "Leitura de Olhos Fechados – a imagem traduzida em palavras". Essa iniciativa acontece com a finalidade de exibir filmes, curtas e longas, ficção e documentários, utilizando a audiodescrição, recurso que consiste na descrição objetiva de imagens, que em conjunto com falas originais, permite a compreensão integral da narrativa audiovisual. O projeto Leitura de Olhos Fechados é promovido pela Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.

O projeto "O que se aprende com o cinema: saberes e fazeres na relação cinema-educação" também representa um incentivo ao setor audiovisual. Promovido pelo Programa Janela Indiscreta Cine-Vídeo Uesb, em parceria com a Prefeitura, o projeto se propõe a realizar atividades que incluem encontros com pesquisadores e realizadores de cinema, exibições e comentários de filmes, exposições e oficinas para professores e alunos das redes pública e privada de Vitória da Conquista.

O Programa Janela Indiscreta promove ainda ações, como o "Cinema Itinerante", exibindo filmes, preferencialmente brasileiros, nos distritos e povoados do Sudoeste baiano, "Cinema Educação", promovendo atividades que dão o suporte para o trabalho com o cinema em unidades escolares e o projeto "Cinema: Eis a Questão " O Janela Indiscreta no Vestibular”. O objetivo desta ação é apresentar a arte cinematográfica como exercício de leitura, por meio da exibição de filmes, brasileiros e estrangeiros, e comentários temáticos.

Existe ainda, o projeto que prevê a implantação da "Kasa Glauber", um museu em preservação à memória do cineasta Glauber Rocha. "Vitória da Conquista tem uma vantagem sobre a maioria dos municípios brasileiros para fazer um projeto com a dimensão do Centro de Formação, Produção e Difusão do Audiovisual, que é a existência de uma série de atividades cinematográficas", opinou Orlando Senna.

Fonte:Correio do Brasil

Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série


Mais sobre audiodescrição
O dicionário Michaelis põe uma pá de cal na polêmica sobre a grafia de audiodescrição
Poesia com deficiência, de SÉRGIO CUMINO, pessoa com deficiência Com sorriso contemplativo O horizonte banha
O Futuro que Queremos: Trabalho Decente e Inclusão de Pessoas com Deficiência é uma série