Hoje estréia novo programa com audiodescrição da MTV

O mais novo programa de TV a ser exibido com o recurso da AUDIODESCRIÇÃO é o "LUV MTV". Um programa de auditório exibido semanalmente pela MTV Brasil com a apresentação de Ellen Jabour. LUV MTV segue o mesmo estilo de outros programas já exibidos pela emissora, como o "Beija Sapo" de Daniella Cicarelli e o "Fica Comigo" de Fernanda Lima. É o primeiro a utilizar redes sociais para unir os casais que se inscrevem através da internet.

Exposição O Solar Que Virou Museu, com audiodescrição da Mil Palavras

O Museu Joaquim Felizardo, localizado no Solar Lopo Gonçalves, no bairro Cidade Baixa, guarda grande parte da história de Porto Alegre. Trata-se de um prédio centenário que teve uma longa trajetória desde sua construção, como sede de chácara, até sua restauração e transformação no museu histórico da cidade. A exposição O Solar que Virou Museu conta a história desse lugar e homenageia intelectuais gaúchos que lutaram pela sua preservação. A exposição também destaca a figura de Joaquim Felizardo, que dá nome ao museu.

Divulgada programação de curso na FDNC

Audiodescrição para Exposições, Museus, Centros Culturais e Centros de Ciências

programação completa

>Objetivo:

Capacitação de profissionais no desenvolvimento de audioguias para exposições e espaços museológicos, elaboração de visitas educativas e programas de ação cultural com audiodescrição.

1º dia – 23/04 – segunda-feira

• 8h30 – 9h: Cadastramento

• 9h – 10h: Abertura do Curso, Boas Vindas, instruções gerais, apresentação do programa e dos participantes.

• 10h: Coffee-Break.

• 10h – 12h: Palestra – A Pessoa com Deficiência Visual : Informação e Atendimento (Edson Defendi – FDNC).

• 12h – 13h: ALMOÇO LIVRE.

• 13h – 15h: Aula Teórico/Prática – Técnica Guia Vidente – Orientação e Mobilidade (Célia Amorim e Glicélia Alves – FDNC).

• 15h – 15h30 – Coffee-Break

• 15h30 – 17h30 – Palestra Audiodescrição em Museus, Exposições, Centros Culturais e Centros de Ciências (Viviane Panelli Sarraf – Rinam/FDNC).

2º dia – 24/04 – terça-feira

• 8h30 – 10h30: Aula Prático/Teórica: Linguagem para Audiodescrição em Espaços Culturais – conceitos básicos (Viviane Panelli Sarraf – Rinam/FDNC).

• 10h30 – Coffee-Break.

• 11h – 12h: Aula Teórica: Metodologia para Audiodescrição de imagens estáticas (Viviane Panelli Sarraf – Rinam/FDNC).

• 12h – 13h: Almoço Livre.

• 13h – 13h30: Orientações para elaboração de atividade prática individual: Audiodescrição de Imagens.

• 13h30 – 15h30: Atividade prática individual: Audiodescrição de Imagens – Orientações individualizadas.

• 15h30: Coffee-Break.

• 16h – 17h30: Palestra: Recursos de Mediação Sensorial em Exposições – Inclusão cultural com uso de linguagens acessíveis (Viviane Panelli Sarraf – Rinam/FDNC

3º dia – 25/04 – quarta-feira

• 8h30 – 10h: Avaliação da Atividade de Descrição de Imagens – Grupo de Avaliação em Audiodescrição.

• 10h: Coffee-Break.

• 10h30 – 12h: Aula Teórica: Roteiro de visita com audiodescrição e elaboração de audioguia.

• 12h – 13h: Almoço Livre.

• 13h – 14h: Atividade prática – Orientações para elaboração de roteiro de audiodescrição na visita educativa e elaboração de audioguia.

• 15h30: Coffee-Break.

• 14h – 17h30: Atividade prática – Orientações individualizadas e espaço para execução dos trabalhos práticos em grupo.

4º dia – 26/04 – quinta-feira

• 8h30 – 10h: Avaliação do Roteiro de Audiodescrição de visita educativa com AD e Audioguia – Grupo de Avaliação em Audiodescrição.

• 10h: Coffee-Break.

• 10h30 – 12h: Palestra: Produção em Audiodescrição (Flávio Coelho – FDNC).

• 12h – 13h: Almoço Livre.

• 13h – 14h: Apresentação de case: Sonoplastia e trilha sonora para audioguias (José Souza e Viviane Sarraf)

• 14h – 15h30: Mesa Redonda: Audioguias e Audiodescrição em Museus (Representantes de Museus e Exposições que trabalham com audiodescrição e audioguias – Mediação: Viviane Panelli Sarraf).

• 15h30: Coffee-Break.

• 16h – 17h30: Encerramento: Avaliação oral, escrita, dúvidas e comentários em geral, entrega de certificados.

Fonte: Rinam

Porquê eu amo Nova Iorque

Já fui algumas vezes para Nova York e o que sempre me faz querer voltar – além de tudo aquilo que eu amo nessa cidade, como, compras, shows e teatros – é poder transitar em uma cidade grande, é bom lembrar, inteiramente acessível.

Centro de Cultura Ordovás retoma projeto de audiodescrição em 2012

Tornar o cinema e a cultura acessíveis a todos vai além da formação de público e da promoção de sessões a preços populares. Democratizar o acesso ao cinema passa pela adoção de recursos que garantam que todos possam acompanhar os filmes. Por isso, a Secretaria Municipal de Cultura de Caxias do Sul (RS), por meio do Centro de Cultura Ordovás, retoma em 2012 o projeto Cinema AD, que exibe filmes com recursos de acessibilidade como a audiodescrição (AD) permitindo que pessoas com deficiência visual possam ter contato com essas obras. O público poderá conferir as sessões especiais com AD na Sala de Cinema Ulysses Geremia.

Hoje tem maratona de audiodescrição para os Soteropolitanos

Cine Braille

Debates Contemporâneos: Projeto propõe a discussão sobre a inserção social e os desafios enfrentados pelas mulheres contemporâneas com base nos filmes Olga, de Jayme Monjardim; Central do Brasil, de Walter Salles e Verônica, de Maurício Farias.