Paixão de Cristo de Cuiabá será apresentada com audiodescrição neste sábado

A apresentação do Auto da Paixão de Cristo, estrelada este ano em Cuiabá pelo ator global Luigi Baricelli, proporcionará uma experiência cênica inédita para deficientes visuais. O recurso da audiodescrição possibilitará acompanhar cada movimento do roteiro do espetáculo.

Auto da Paixão de Cristo em Cuiabá - foto do ator Luigi Baricelli

De acordo com a assessoria de imprensa do evento, o recurso descreve clara e objetivamente as informações visuais e as que não estão contidas nos diálogos ou na narração da peça. São expressões faciais, corporais, descrições de cenários, de figurinos, efeitos especiais, transições de tempo e espaço e qualquer coisa que esteja escrita no ambiente. O sistema funciona por meio de um rádio receptor: cada espectador com deficiência visual receberá um aparelho antes da apresentação começar e terá a descrição de todo o espetáculo. O uso do recurso para deficientes visuais no público de cinema, teatro, programas de televisão, shows, etc tem sido cada vez mais celebrado como ferramenta de inclusão.

No Brasil, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) calcula que mais de 20 milhões de pessoas são portadoras de deficiência visual e, com isso, acabam excluídas de programações artísticas e de entretenimento como as artes audiovisuais e cênicas.

O Auto da Paixão de Cristo em Cuiabá acontece do dia 28 ao dia 1º de março, no Parque de Exposição de Cuiabá. A entrada é gratuita, mas o recurso da audiodescrição estará disponível na apresentação do dia 31 de março (sábado), às 19h.

Os deficientes visuais interessados em participar devem contatar antecipadamente a Secretaria de Estado Trabalho e Assistência Social (Setas) pelos números 3613-5740 e 3613-5746 ou pelo Instituto dos Cegos, nos números 3646-1400 e 3055-1404.

Da Redação – Renê Dióz

Fonte: Olhar Direto

Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma


Mais sobre audiodescrição
A partir deste sábado, 5, estarão abertas as inscrições para a quinta edição do Programa
Paradinha Cerebral faz parte do Circuito Cultural Cidade Olímpica. A peça foi um dos projetos
Atualmente, é possível acomodar em um mesmo espetáculo um público de surdos, que acompanha uma